Crítica de Filme - Pantera Negra

Título: Pantera Negra
Título Original : Black Panther
Direção: Ryan Coogler
Duração: 2h 15 minutos
Gênero: Ação/Aventura
Ano de lançamento: 2018

Após a morte do rei T'Chaka (Jonh Kani), o príncipe T'Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. Nela são reunidas as cincos tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, não apoia o atual governo. T'Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã  Shuri (Laetitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong'o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás. 

Não costumo muito fazer resenhas de filmes, mas esse não sossegou em ficar apenas na minha cabeça e quem sou eu para dizer não a essa obra-prima? Pantera Negra chegou com tudo e já roubou a cena como um dos melhores filmes de super-herói da Marvel! Você quer DC?

Quando o filme estreou eu estava me recuperando de uma pequena cirurgia na garganta, então enquanto convalescia em meu leito de morte (Queen Drama passando) via todos os meus amigos comentando o quão foda o filme era e é claro as amigas que só falavam do T'Challa, vulgo homão da porra, e eu acompanhava tudo sofrendo em silêncio esperando minha hora chegar (de assistir o filme, não de morrer).

Então uma bela noite sem nem sequer esperar recebo um convite de um amigo que já tinha assistido ao filme e queria ir novamente por que uma vez só não basta, pulei de alegria e simbora para Wakanda! Para quem assistiu Guerra Civil e já conhecia nosso príncipe de ébano, sabe que agora ele herdeiro do trono ao perder seu pai se tornou o rei, então acompanhamos as preparações para sua coroação, mas para ter o direito de governar ele precisa se provar digno e para isso é tradição que ele seja desafiado pelas tribos que formam o reino.

A trama do filme é bastante simples  o que não é um ponto negativo, para mim acabou por tornar o filme muito objetivo, somos apresentados a um cenário que nos mostra como o reino de Wakanda mesmo em posse de uma tecnologia avançada se isolou do restante do mundo, e como isso afeta o reino e quem esta de fora, uma das primeiras cenas mostra o irmão do rei T’Chaka, que foi enviado para os Estados Unidos e como o que ele viu do mundo lá fora influenciou suas ações, vendo como o seu povo, o povo negro sofria de diversas formas ao longo do tempo e até os dias atuais, ele toma decisões que vão contra a do seu irmão e isso trará consequências devastadoras.

O filme conta com um elenco simplesmente fantástico com nomes de peso como a vencedora do Oscar Lupita Nyong'o, Danai Gurira (TWD), Michael B. Jordan, Martin Freeman (Bilbo) e claro o ator principal Chadwick Boseman no papel do Pantera Negra, mas se só isso não bastasse, todos dão um show de atuação, sem falar ainda em tudo que o filme traz para a telona, a cultura africana é apresentada de forma belíssima, os costumes, as cores, as roupas, a música, tudo é feito de forma a deixar quem assiste fascinado.

É empoderamento que fala, né? Umas das coisas mais legais do filme é a guarda real chamada de Dora Milaje, formada apenas por guerreiras, eu ficava vibrando sempre que elas apareciam esperando o momento delas chutarem a bunda dos vilões e elas não decepcionam! Girl Power!!! Por falar em mulheres fodas pode entrar princesa Shuri, além de ser uma personagem super engraçada e inteligente, é ela que faz as armas e o uniforme do irmão, praticamente uma gênia tecnológica! A princesa foge completamente das regras e é umas das melhores personagens do filme.

Cena de Pantera Negra

Mas não podemos deixar de falar sobre o vilão, algo que sempre foi muito criticado nos filmes da Marvel era a falta de um vilão que realmente convencesse em seus motivos, acho que agora isso não é mais um problema pois nosso vilão tem motivos reais, e em alguns momentos até torci para que ele não tivesse um final triste.

Resultado de imagem para pantera negra killmonger

Para não me estender muito mais, deixo minha opinião como telespectadora, não faço ideia de como fazer uma crítica cinematográfica, então não vi pontos negativos no filme além de que quando dei por mim ele já tinha acabado, ele traz um grande senso de representatividade o que me deixou muito feliz, precisamos de mais filmes assim, já estou ansiosa por assistir Guerra Infinita e ver os personagens novamente!

Confira o trailer!



3 comentários:

  1. Oie
    Este é mais um filme que eu quero assistir, tem um enredo muito bom.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Janiele.
    Mês passado fiz maratona Marvel para assistir esse filme. Não foi meu favorito dos dezoito, mas por tudo que ele representa, é um baita de um filme.

    Prefácio

    ResponderExcluir