(Resenha) Os Meninos Que Enganavam Nazistas - Joseph Joffo

Livro no Skoob: Os Meninos Que Enganavam Nazistas
Título Original: Un sac de billes
Autora: Joseph Joffo
Editora: Vestígio
Páginas: 320
Ano: 2017

Paris, 1941. O país é ocupado pelo exército nazista e o medo invade as casas e as ruas francesas. O poder de Hitler se mostra absoluto e brutal na França… É durante um dos períodos mais turbulentos da História que a emocionante narrativa de Joseph e Maurice se desenrola. Irmãos judeus de 10 e 12 anos de idade, eles perambulam sozinhos pelas estradas, vivendo experiências surpreendentes, tentando escapar da morte e em busca da zona livre para ganhar a liberdade. Essa é uma história real, autobiográfica, cuja espontaneidade, ternura e humor comprovam o triunfo da humanidade e da empatia nos momentos mais sombrios, quando o perigo está sempre à espreita… Os meninos que enganavam nazistas conta a fantástica e emocionante epopeia de duas crianças judias durante a ocupação, narrada por Joseph, o mais jovem.

Quando recebi o livro da Editora Vestígio imaginava uma história completamente diferente da que li, o que para mim já foi uma grata surpresa por se tratar de uma obra autobiográfica, esperava ver a narrativa do autor quanto as dificuldades enfrentadas durante a época do nazismo, o que se tornou ainda mais brutal sendo contada do ponto de vista de uma criança.

Joseph é um menino judeu de apenas dez anos, que não entende nem sequer o que é ser um judeu, ou por que isso o torna diferente dos demais, então quando o pai explica que ele e seu irmão Maurice terão que deixar o lar deles e fugir ele procura entender o que exatamente é ser um judeu, e por que isso parece ser algo tão ruim.

Acompanhamos esses dois garotos fugindo dos soldados alemães, e dos tão temidos campos de concentração, e nos emocionamos em como eles conseguem ajuda de pessoas mais inesperadas em sua jornada pela França até se encontrarem com seus irmãos mais velhos.

Ainda é extremamente difícil explicar como essa leitura flui de forma rápida, a forma como o autor vai nos contando sua história,  e todos os medos que ele e seus irmãos enfrentaram. É impossível não ser sugado para dentro do livro e vivenciar cada cena, tentar imaginar tudo pelos olhos dele, e sentir a angústia, a esperança, e tudo que eles sentiram. 

Estava esperando uma história narrada de forma dramática, coisa que normalmente vejo ao se tratar dessa tão vergonhosa parte de nossa história. A Segunda Guerra Mundial é palco de diversas tramas e novelas, mas aqui o autor fala de sua própria experiência com tal leveza e de forma tão sutil, que leva o leitor as ruas de Paris, e nos faz sentir como se fossemos nós os personagens a viver tudo aquilo, e de certa forma me sinto grata por ter feito uma leitura tão maravilhosa!

Os Meninos Que Enganavam Nazistas é um livro lindo, emocionante, as vezes com um certo humor que ameniza um pouco o cenário trágico em que é narrado, mas que não deixa de ser uma história sensível, porém contada aqui de maneira brilhante, por isso não posso deixar de recomendar a leitura para quem ama livros que toca de maneira profunda e intensa!


OS MENINOS QUE ENGANAVAM NAZISTAS foi cedido em parceria com o EDITORA VESTÍGIO 

Sobre o autor:



Joseph Joffo nasceu em Paris no dia 2 de abril de 1931. Filho de barbeiro, teve uma infância feliz até a chegada da Segunda Guerra Mundial. Durante a ocupação alemã sua família judaica é perseguida. Joseph conseguiu escapar com o seu irmão e só retornou a Paris após o fim da guerra. Escritor, roteirista, e ator ele é reconhecido mundialmente por ter contado a sua história no romance ''Un sac de billes'', publicado em 1973.

4 comentários:

  1. Oie
    Não é o tipo de livro que me chama atenção, que eu leria, mas o assunto em si é muito interessante e se eu tivesse oportunidade leria sim. Adorei saber sua opinião.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro,a resenha ficou ótima <33
    Parabéns pelo blog, já estou seguindo para poder acompanhar as novidades

    www.papomoleca.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jani!
    Eu não sou muito de ler biografias, mas eu fiquei muito interessada nesse livro justamente por essas experiências que o autor aborda.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  4. Oi Jani,
    Essa obra é para chorar, né?
    Só de ler já senti os olhos marejarem.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir