(Resenha) Um Tom Mais Escuro de Magia - V.E. Schwab

Livro no Skoob: Um Tom Mais Escuro de Magia
Título Original: A Darker Shade of Magic
Série: Tons de magia #1
Autora: Victoria Schwab
Editora: Record
Páginas: 420
Ano: 2016

Kell é um dos últimos Viajantes — magos com uma habilidade rara e cobiçada de viajar entre universos paralelos conectados por uma cidade mágica. Existe a Londres Cinza, suja e enfadonha, sem magia alguma e com um rei louco — George III. A Londres Vermelha, onde vida e magia são reverenciadas, e onde Kell foi criado ao lado de Rhy Maresh, o boêmio herdeiro de um império próspero. A Londres Branca: um lugar onde se luta para controlar a magia, e onde a magia reage, drenando a cidade até os ossos. E era uma vez... a Londres Negra. Mas ninguém mais fala sobre ela. Oficialmente, Kell é o Viajante Vermelho, embaixador do império Maresh, encarregado das correspondências mensais entre a realeza de cada Londres. Extra-oficialmente, Kell é um contrabandista, atendendo pessoas dispostas a pagar por mínimos vislumbres de um mundo que nunca verão. É um hobby desafiador com consequências perigosas que Kell agora conhecerá de perto. Fugindo para a Londres Cinza, Kell esbarra com Delilah Bard, uma ladra com grandes aspirações. Primeiro ela o assalta, depois o salva de um inimigo mortal e finalmente obriga Kell a levá-la para outro mundo a fim de experimentar uma aventura de verdade. Magia perigosa está à solta e a traição espreita em cada esquina. Para salvar todos os mundos, Kell e Lila primeiro precisam permanecer vivos.

''Prefiro morrer numa aventura a viver sem ter feito nada'' 

Um tom mais escuro de magia me deixou bastante intrigada, li a sinopse e pensei, como assim a existência de várias Londres? Eu precisava ler esse livro, e conhecer esse universo criado pela autora Victoria Schwab, que aliás está fazendo bastante sucesso aqui no Brasil, e que inclusive estará na Bienal do Rio esse ano. Mas vamos lá, eu li o livro, e foram 450 páginas de pura magia e surpresas, terminei o livro feliz, e me perguntando de onde autora tirou tanta criatividade. 

Logo na primeira página conhecemos o nosso protagonista, Kell, ele é um viajante, ou melhor, ele é um Antari. Então vocês me perguntam, o que seria isso? Antari é um mago, que pode transitar pelas quatro Londres, a vermelha, que é prosperá em magia, a branca onde a briga para dominar a magia é acirrada, tem também a cinza, que é a mais parecida com o nosso mundo que conhecemos onde a magia é praticamente inexistente, onde humanos aprenderam a esquecê-la, e temos também a Londres preta, que é quase uma lenda, e de onde a magia foi banida para sempre. 

Kell é um dos últimos de sua linhagem de Antaris, ele mora na Londres Vermelha com o rei e a rainha, que o tratam como um filho, e também com Rhys o príncipe que sempre o tratou como um irmão. Quando viaja de uma Londres para outra, Kell sempre tem o costume de contrabandear alguns objetos sem muita importância, e fazer negócios com pessoas que acreditam que a magia realmente possa existir, como as pessoas da Londres Cinza. E esse comportamento de Kell ainda o colocará em sérios problemas, pois é proibido transitar objetos de uma Londres para a outra.

Conhecemos também Dalilah Bard, ou simplesmente Lila, que personagem incrível! Ela pertence a Londres Cinza e vive a vida como uma Ladra, que sonha um dia em ser uma pirata, e ter o seu próprio navio. Ela é destemida, vive sozinha e faz o possível para sobreviver, o que mais me chamou a atenção nela é que ela é bastante sagaz, corajosa, e com as suas facas está sempre pronta para enfrentar qualquer problema. Inclusive o seu problema mais recente, um cara que aparece na sua frente ensanguentado, ela tenta ajudá-lo, mas como possui o instinto de roubar, acaba levando uma pedra, que estava do bolso do homem moribundo.

E quem é esse homem que Lila tentou ajudar? Sim, o nosso Antari! Kell se envolveu em um problema que pois em risco a sua vida, e a vida de todos da Londres Vermelha, e até das outras Londres, devido a um artefato perigoso, uma pedra que possui poderes indescritíveis, que pode realizar praticamente tudo o que você deseja, mas que te consome da mesma maneira, ou seja magia pura, e também negra, que veio direto da Londres preta, e parou nas mãos de Kell. E é a partir desse encontro que Lila e Kell irão se envolver em uma aventura fantástica para devolver a pedra ao seu seu lugar de origem, mas antes disso irão enfrentar inimigos poderosos que desejam a todo custo o poder da pedra, inclusive Holland um Antari bastante perverso e enigmático.

A V.E. Schwab possui uma imaginação ímpar, nunca li nada parecido com esse livro, no começo ficamos um pouco perdidos, tentando entender tudo o que está acontecendo com o protagonista e que tipo de magia é essa que rege essas diversas Londres, mas quando começamos a se envolver com a história percebemos o quanto queremos continuar a leitura, e descobrir o que está por vir. A narrativa é ágil, poucos acontecimentos foram previsíveis, e o fato de ser narrado em terceira pessoa, nos dando uma visão melhor de vários personagens deixou a história mais empolgante. Não espere romance, pois não senti tanta química entre o casal, mas os dois juntos fazem uma parceria incrível, um sempre ajudando o outro. E deu pra perceber durante a leitura que romance não é muito o foco da história, e sim muita ação, e magia de tirar o fôlego!

Outras Londres.
Homens atravessando portas mágicas.
Pedras que produziam coisas a partir do nada.
Isso só acontecia em histórias.
Em aventuras. 

Já quero ler o segundo livro, Um Encontro de Sombras promete ser ainda mais emocionante! E  irá responder várias questões que ficaram pedentes, principalmente sobre o passado de Lila, e o que devemos esperar da personagem, e sobre quem realmente ela é. O final foi bem satisfatório, em suma é uma leitura que consegue prender o leitor, e se você é fã de fantasia melhor ainda, pois tenho certeza irá gostar de conhecer a escrita criativa da Schwab, ela não brinca em serviço!

UM TOM MAIS ESCURO DE MAGIA foi cedido em parceria de ação com o GRUPO EDITORIAL RECORD


Sobre a autora:


V.E. Schwab é autora best-seller de Vicious, vencedor dos prêmios Publishers Weekly Best Book of the Year of 2013; Amazon Best Book of the Month. Foi semifinalista do Goodreads Choice 2013 Book Awards e ficou entre as melhores publicações de fantasia de 2014, de acordo com as indicações de leitura da ALA (American Library Association). Suas obras estão no topo da lista de leituras de diversos autores, desde Laini Taylor até Chuck Wending. Também é autora de A Guardiã de histórias e A Bruxa de Near.  

19 comentários:

  1. Oi, Eli!
    Fico muito feliz que tenha gostado da história. Realmente a autora foi bem criativa e essa série se tornou meu xodó nos últimos tempos.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário do Balaio de Babados e O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oie
    Tenho visto muita gente falando deste livro e eu já estou bem curiosa para ler. O enredo parece ser muito bom.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu também gostei bastante da história apesar de ter sentido cansativa algumas partes. Que bom que você gostou.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Eli! Ela é mesmo muito criativa e seus livros são excelentes. Eu terminei ontem, mas A Guardiã de Histórias e A Melodia Feroz ainda são meus favoritos. Bjos!!!

    ResponderExcluir
  5. Oiii Eli

    A VE Schwab é uma autora que está super em alta e todos os seus livros vem sendo super elogiados. Estou louca pra conhecer essa série, morro de curiosidade por estas Londres alternativas que a autora criou.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Eli, tudo bem? Eu amei o livro, um dos meus preferidos de fantasia! O universo que a autora cria é sensacional, estou ansiosa também para o segundo livro!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Ahh, eu já li várias resenhas desse livro, e sempre fico doida pra ler, porque é um gênero que eu gosto e a premissa me interessou muito.
    Beijos,
    Meise Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Gostei da resenha Eli. Já li um dos livro da Victoria Schwab sobre bruxaria e fiquei apaixonada pela escrita da autora. Acredito que esse novo lançamento dela seja uma fantasia realmente especial. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Eli,
    Tudo bom?
    Te encontrei no grupo do Face e vim visitar seu blog já estou te seguindo se quiser retribuir o favor ficarei feliz. Então, sobre a resenha sabe que achei esse livro a cara do meu excelentíssimo marido (que inclusive também posta lá o blog), pois ele parece trazer bastante magia e aventura e ele adora livros assim. Fiquei intrigada com esse esquema de várias Londres também. rs Mas elas são todas iguais eu digo em geografia da cidade? Muito louco isso..rsrsGostei da dica e vou repassar para ele.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá Elidiane;
    Sabe que o título do livro não me chamou a atenção ao contrário da resenha, a começar pelo quote no início dela. Essa mistura de aventura com fantasia sempre é sinônimo de ótimas leituras. Ah... o segundo livro tem o título mais atrativo rsrs.
    Adorei conhecer a obra e a autora.
    Beijos.

    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/2017/09/4-list.html

    ResponderExcluir
  11. Oi tudo bem?
    Venho ouvido falar muito bem desse livro mas estou um pouco com o pé atrás para fazer essa leitura pois não sou muito fã de fantasia e sim fã de um bom romance o que pelo visto não irei encontrar nessa história, mas confesso também que estou um pouco curiosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!! :)

    Eu confesso que nunca ouvi falar deste livro mas ate fiquei curioso. A capa e que não me atraiu muito...

    Bem, acho ótimo que tenhas considerado a imaginação do autor incomparável! Adoro fantasia e a tua opinião deixou me com vontade de saber mais!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  13. Ai! Como tô feliz que vc tenha gostado.
    Estou louca pra ler!
    Parabéns pela resenha . Bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi Elidiane.
    Também fiquei intrigada pelo fato de existir diversas Londres.
    Tenho ouvido falar bastante desse livro, mas o que mais me chamou a atenção foi essa capa, que particularmente, acho linda.
    Gostei de saber que esse livro é bem original, ponto positivo para a autora.
    Abraços.
    Blog Impressões de Maria

    ResponderExcluir
  15. Olá, já li "Um tom mais escuro de magia" e super concordo com o que você disse na resenha. Amei o Kell e a Lila (ela principalmente) e a ideia das quatro cidades. Estou animada para ler os próximos.

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?

    Não conhecia o título, mas achei a história interessante. Essa mistura de fantasia com aventura me pareceu ótimo.
    Vou ficar de olho no seu blog pois quero ver a resenha da continuação enquanto não consigo adiquirir o meu rs..
    Parabéns pela resenha

    Beijos e até a próxima.

    ResponderExcluir
  17. Eu li esse livro e achei demais a maneira como a autora construiu o universo, achei super bem desenvolvido.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Tinha bastante curiosidade pra saber como era o enredo dessa história. Fiquei muito satisfeita com a sua resenha.
    Essa história além de envolvente parece ser cheia de detalhes, coisas que eu adoro em uma trama.
    Ja vai pra lista de leituras.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  19. Oi! Preciso desse livro! É todo mundo falando bem *-*
    Sou doida por fantasias e realidades paralelas, então acredito que irei adorar. Sua resenha está excelente e pude perceber que a leitura foi prazerosa para você.
    Adorei a citação do início "Prefiro morrer numa aventura a viver sem ter feito nada". Concordo plenamente!
    Beijão 😘

    ResponderExcluir