(Resenha) Mundos Paralelos A Ponte - Rosana Ouriques + Sorteio

Livro no Skoob: Mundo Paralelos, a Ponte 
Série: Mundos Paralelos #1
Autora: Rosana Ouriques
Editora: Insular
Páginas: 226
Ano: 2017

Obra inspirada nas religiões e mitos da Antiguidade e na teoria dos mundos paralelos, ou Multiuniverso. Quatro mundos, quatro deuses-guardiões dos elementos e quatro mulheres vivendo no quarto tempo desse Universo. Uma história que pode despertar no leitor o desejo pelo sentido da vida e por respostas para as questões fundamentais da existência humana. Essa busca, ou caminhos, é oferecido como possibilidades e aquiesce com os principais conceitos das religiões das civilizações antigas e pelas descobertas e considerações da atualidade. A história de uma heroína que perde ilusões e encontra verdades sobre si mesma, sobre seu povo e sobre o destino dos deuses e dos mundos paralelos. Uma leitura fascinante capaz de inquietar o espírito humano levando-o a questionar suas crenças e concepções a respeito da vida, da morte, do amor e do próprio universo.

Quando recebi da autora o livro, fiquei muito curiosa, afinal sou uma leitora assídua de livros de fantasia, e a oportunidade de conhecer uma obra nacional e ainda por cima de um de meus gêneros favoritos não é algo que tenho todos os dias. Acho que o que mais me chamou a atenção no livro foi o título, a possibilidade de existir mundos paralelos é algo que sempre me chamou a atenção, e quando o tema está ligado a fantasia, fico ainda mais animada. 

Começamos o livro conhecendo Angak, uma jovem curiosa, que busca conhecer mais sobre o mundo onde vive, percebemos nela uma sede por saber mais, por desvendar os mistérios dos mundos e dos deuses, e sobre si mesma. Angak tem o dom da segunda visão o que a permitia ver coisas que outros não podiam, ela via os mundos paralelos, visões de tempos e eras diferentes, porém ela não sabia o que isso significava e ficava bastante confusa.

"Penso em tantas coisas, às vezes não sei o que está certo, no que acreditar ou pelo que esperar [...] Parece que nunca vou conseguir ser quem eu sou. Penso que os deuses irão me castigar."

Angak anseia por liberdade, mas ao mesmo tempo se sente culpada por pensar de forma diferente do qual foi ensinada, mas chega um momento em que ela se questiona, como pode querer algo para si mesma além daquilo do que os deuses planejam? Mal sabe ela que seu destino esta intrinsecamente ligado aos deuses e irá desempenhar um papel importante para a volta do tempo dos deuses.

A leitura foi um pouco densa, por se tratar de alta fantasia, o que afinal não costumo ler e por isso demorei um pouco a me habituar com a narração, se tratando do primeiro livro a autora se dedicou bastante para a construção do universo, e acabei um pouco perdida com os termos criados, creio que um guia ou glossário teria ajudado no melhor entendimento. De certa forma alguns pontos nos personagens me prenderam bastante pois acabei me identificando com eles e isso contribuiu para melhorar a leitura, os personagens secundários também exercem certa importância  para a jornada de Angak, sua irmã Anahita, Nandecy que irá guiá-la em meio a suas descobertas e Maya sua melhor amiga, contribuem para o crescimento da personagem.

Não é fácil falar desse livro em particular por ser um gênero com um público muito específico, se tratando de alta fantasia ou você gosta ou não, e aqui o que mais me incomodou foi o fato de escrita ser um pouco mais densa, o que acabo entendendo por ser um livro introdutório, além de trazer profundas reflexões sobre diversos assuntos, o livro acaba tendo um toque filosófico.

"Minha mãe dizia que esta flor é como o amor: lindo e perfumado, mas que pode deixar anestesiado, fora da realidade, portanto indefesos e crédulos."

De certa forma o livro me deixou em um estado melancólico, não sei ao certo por que, mas tudo o que a Angak enfrentou me fez pensar em minha própria jornada por conhecimento e liberdade, em como esse percurso pode nos consumir, e como nossas escolhas podem ter diversas consequências, no final o livro nos apresentou dois finais, e a partir disso podemos ver como a série irá seguir.

MUNDO PARALELOS - A PONTE foi cedido para resenha pela autora Rosana Ouriques


Sobre a autora:


Rosana Ouriques nasceu em 5 de outubro, de 1972, filha de José Carlos Ouriques e Maria Bernadete Melo Ouriques. Formou-se no magistrado em 1991, cursou licenciatura em Ciências da Religião e pós-graduou-se em Fundamentos e Metodologia em Ciências da Religião na Fundação Universidade Regional de Blumenau - FURB, em Santa Catarina. Professora na rede pública e particular há 20 anos. Escreveu artigos para o Jornal de Santa Catarina, palestrou em diversos eventos e foi consultora para elaboração de Proposta Curricular para o Ensino Fundamental em três municípios do estado onde reside. É casada e mora com os filhos em Itapema, no litoral catarinense, juntamente com seus dois gatos e dois cachorros. Protetora dos animais, adora cozinhar, vinhos, livros, cinema e caminhadas à beira-mar. rosamaisana@bol.com.br 


SORTEIO:

E todos que comentarem nessa resenha (de forma coerente com o que foi escrito) estará concorrendo a um exemplar do livro + um par de taças personalizadas! Boa sorte a todos!


O sorteio irá de 31/08 a 30/09 o resultado será divulgado no dia 02/10.
O livro será enviado ao ganhador sem custo pela autora Rosana Ouriques.
Não esqueçam de informar no comentário um e-mail para contato. ;)

Vocês também podem adquirir o livro através do site: www.insular.com.br 

17 comentários:

  1. Gostei da resenha Janiele. Achei o mote do livro bem interessante e atrativo. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Jani!
    Gente, quero muito ganhar esse sorteio! Eu sou acostumada a ler alta fantasia, então acho que o mundo criado pela autora não seria problema. Só pela sinopse fiquei super interessada nesses crossovers de mundos hahhaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário do Balaio de Babados e O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Janiele,

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, gostei da capa e da premissa, mas não tenho certeza se eu leria, ótima resenha.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Jani,
    Esse livro não faz muito meu estilo, acho que não seria algo fácil e que eu devoraria, sabe? Mas não o conhecia, então foi uma novidade!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa, adorei esse par de taças! E a capa do livro também é linda! Fantasia não é o gênero que costumo dar prioridade nas leituras, mas esse parece ter muito potencial e a criação de um glossário é uma boa dica pra autora conseguir situar melhor o leitor em próximos livros. Adorei a resenha, sucesso pra autora!!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, Janiele.
    Menina fui pesquisar o que era alta fantasia porque desconhecia o termo hehe. A história parece ser bem interessante e eu gostaria de ler. Quando pego algum livro e vejo que tem glossário ou mapa eu já fico feliz porque é muito importante em histórias de fantasias nos situarmos na história.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha! Agradeço pelo carinho e sim, o glossário será providenciado para a segunda edição desse primeiro livro e tbem para os livros seguintes. Lembrando que o livro pode ser adquirido nas Livrarias Catarinense e no site da editora www.insular.com.br
    O segundo livro "Mundos Paralelos, em busca da fonte" será lançado agora em novembro e te enviarei um exemplar querida. O segundo livro foca menos nos questionamentos filosóficos e mais na fantasia, vcs vão adorar! Mil bjsss

    ResponderExcluir
  8. Oi
    não conhecia parece ser interessante, mas nossa a leitura te deixou melancólico nunca vi isso, já teve leituras que mexeram comigo mas não nesse nivel. A história parece ser legal, eu estou lendo um outro livro que tem vários mundos diferentes.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Janiele;
    A sinopse já me deixou ansiosa, sou estremamente curiosa quando o assunto é estes tipos de "teoria", digamos assim.
    Fantasia requer uma atenção maior, o que não tira a beleza do gênero, quando bem escrita, que parece ser o caso desta.
    Sucesso para série.

    Ahhhhh, quero muito ganhar este livro kit
    cabinedeleitura@hotmail.com

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Primeiro vou já dizer que amo fantasia, então quando percebi que era o género deste livro li ainda com mais atenção a sua resenha hahahaha
    A história me parece interessante e achei a capa estranha. Parece uma capa dentro duma capa?! O.o
    Acho que quando os livros de fantasia são complexos deveriam trazer mapa e glossário sim. Ajuda muito na leitura e imersão no mundo novo criado pelos autores.
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  11. Eu também sou completamente viciada em fantasia. O nome e a sinopse já me chamaram a atenção logo de cara! Confesso que o fato de você ter ficado melancólica e que o universo criado é bem denso me deixou, ao mesmo tempo, receosa e curiosa. Mas, como sempre, a minha curiosidade acaba sendo maior, então já estou colocando o livro na minha lista de desejados (e torcendo para ganhar o sorteio, é verdade).
    Gostei muito da sua resenha, passou uma ideia bem específica sobre o livro.

    (barrosofernandasantos@gmail.com)

    ResponderExcluir
  12. Oi tudo bem?
    Diferente de você eu não sou muito fã do gênero, mas estou tentando começar a me aventurar agora mas acredito que mesmo assim não seria uma leitura que me agradaria e eu ficaria um pouco perdida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Que demais! Também amo livros de fantasia e achei a história bastante interessante, ainda mais pela Angak possuir esses poderes incríveis e que me deixaram curiosa para descobrir o seu papel junto dos deuses. Sua resenha está incrível e a edição está muito bonita. Espero conferir essa história um dia, bjss!

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Não conhecia este livro! Também não sou acostumada com muita fantasia, então não sei se leria a obra, mas de qualquer forma me pareceu ser uma história muito boa.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  15. Heeeeey!

    Quero ganhar esse sorteio hahaha..
    É um enredo diferente do qual estou acostumada, mas depois de ler sua opinião fiquei super ansiosa pra conhecer a obra, fantasia é um gênero que se bem trabalhado fica ótimo.
    Adorei a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá, eu já conhecia o livro, mas eu não o li. Acho que é uma série bem grandinha né? A capa é bem diferente e achei legal poder ler a sua opinião sincera com a leitura. Não vou participar do sorteio, mas desejo boa sorte a todos os participantes.

    ResponderExcluir
  17. Boa noite, não conheço o livro, gostei da resenha.

    ResponderExcluir