(Resenha) Legend - Marie Lu

Livro no Skoob: Legend
Título Original: Legend
Trilogia: Legend #1
Autora: Marie Lu
Editora: Rocco
Páginas: 256
Ano: 2014

A Verdade Se Tornará Lenda - Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.

A série Legend é a segunda da Marie Lu que eu leio, e nitidamente elas são completamente distintas, eu gostei bastante dos dois primeiros livros da série Jovens de Elite, mas Legend com certeza superou todas as minhas expectativas, eu mal terminei de ler o primeiro livro e já corri para comprar a trilogia completa, então sim, em breve teremos mais resenhas de Marie Lu por aqui.

Legend é uma distopia, e até o momento a minha preferida, no universo criado pela Marie Lu os Estados Unidos foi dividido em República e Colônias, e essa segregação fez com que elas entrassem em guerra. A República é a área mais militarizada, onde as pessoas são controladas a pulso firme por soldados que precisam deixar de lado a sua humanidade, e focar em apenas fazer tudo o que o primeiro Eleitor ordenar.

A República também tem lutado com algumas pragas que tem se propagado na periferia, porém nas áreas mais nobres, os ricos e poderosos tem acesso a vacinas que os protegem, e a hospitais quando eles precisam. As áreas mais pobres ficam totalmente isoladas do restante da República, sem nenhum tipo de atenção do governo, são deixados à margem da sociedade.

E é de lá que sai Day, um garoto de apenas 15 anos que se tornou o criminoso mais procurado pela República, ele é muito astuto, e ninguém sabe seu verdadeiro nome, ou mesmo a sua aparência. Ele é a pedra no sapato da República, e a centelha de esperança da população renegada da periferia. Mas o que ninguém sabe também, é que Day não age sozinho, ele conta com a ajuda de Tess, uma garota de 10 anos que ele encontrou sozinha remexendo no lixo, e desde então, se tornaram inseparáveis. 

June é uma garota prodígio, ela tem tudo o que a República considera mais promissor, já que ela tirou a nota máxima na prova que é aplicada em todas as crianças quando elas completam 10 anos, e de acordo com o resultado dessas notas é que fica definido o papel de cada um na sociedade, por isso, June é considerada detentora dos “melhores genes”.

Day e June são duas pessoas totalmente distintas, porém os caminhos deles se cruzam quando o irmão de June é assassinado, e Day passa a ser o principal suspeito. Desse momento em diante June jura que fará tudo para capturar Day.

Day é apaixonante, ele vai nos conquistando aos poucos, a Marie Lu vai nos mostrando as facetas desse garoto aos poucos. Já June, é uma garota admirável, forte e destemida que também vai nos conquistando gradualmente, aventureira como é, não se conforma em pensar como todo mundo, ela vai construindo sua própria opinião.

O livro é narrado em primeira pessoa, tanto pelo Day, quanto pela June. E por meio dos dois é possível entender os dois lados da República. Uma história cheia de aventura e alguns momentos emocionantes, com toques leves de um romance que acontece naturalmente. De leitura fluida e rápida, é do tipo que não se consegue parar depois que começamos a ler. 


LEGEND foi cedido em parceria com a EDITORA ROCCO


Sobre a autora:




Marie Lu escreve romances jovens-adultos, e tem um amor especial por livros distópicos. Antes de se tornar uma escritora em tempo integral, era diretora de arte em uma empresa de jogos. É formada na Universidade do Sul da Califórnia, e atualmente vive em Los Angeles.

13 comentários:

  1. Gostei da resenha Amanda. Não sou lá muito fã de distopias, mas achei a proposta do livro bacana. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Amanda!
    Gente, essa trilogia é MA-RA-VI-LHO-SA!!! Sou super apaixonada mesmo. A cada livro vai melhorando e muito!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Sou doida para ler esta triologia, mas ainda não consegui comprar o box. Parece ser uma boa distopia.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá Amanda!
    "Legend" foi o primeiro livro que li da autora, e amei. Já li toda trilogia... Recomendo demais! Já " Jovens de elite" não foi uma boa leitura, até tentei ler a sequência, mas não consegui.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi! Quero ler essa trilogia, todos elogiam a construção da história e personagens. Sua resenha ficou ótima. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  6. Oi Amanda, tudo bem?

    Eu tenho problemas com distopia, confesso, mas pela resenha essa parece ser muito boa e gosto bastante de aventuras com momentos emocionantes rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oiii Amanda

    Essa trilogia da Marie Lu é muito boa, a autora tem um jeitinho todo especial em nos trazer suas histórias. Amo a June e ainda mais o Day, dois protagonistas tão diferentes que também se complementam super bem.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Amanda!
    EU AMO ESSA TRILOGIA!
    Ela é incrível, leia, devore, se jogue.
    O final, para mim, foi maravilhoso!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Amanda.
    Essa é uma das melhores distopias já publicada. Pena que não teve tanto reconhecimento quanto outras que não chegam nem perto dela. Eu amei a trilogia e até por isso acabei indo com muita sede ao pote em Jovens de Elite e me decepcionei um pouco.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Comprei este livro quando terminei de ler Jogos Vorazes e ainda não li. Quem sabe se não dou uma chance agora!

    ResponderExcluir
  11. Olá! Faz tempo que não leio distopias e gostei bastante da proposta dessa. Pelas suas palavras, eu notei que é muito bom. Pretendo ler em breve!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Li esse livro sem pretensão nenhuma ano passado e amei! Amei de verdade! Eu sou apaixonada por distopias mas Legend foi uma surpresa, pois eu não esperava algo tão legal!

    ResponderExcluir
  13. Sou completamente apaixonada pelo blog, a resenha está incrível, como sempre e sei que preciso ler esse livro, ele está na minha estante acumulando poeira e sinto que vou me apaixonar.

    ResponderExcluir