(Resenha) Um Amor Conquistado - Silvia Spadoni

Livro no Skoob: Um Amor Conquistado
Série: Amores #1
Autora: Silvia Spadoni
Editora: Pedrazul
Páginas: 200
Ano: 2017

Ainda criança, Sophia foi levada para a Inglaterra para fugir da perseguição e do terror impostos pela Revolução Francesa. Com medo de ser descoberta, nunca revelou sua origem nobre, mas manteve viva a esperança de reencontrar sua família. Após o falecimento da madrinha, Sophia se vê obrigada a buscar trabalho para sobreviver e, por isso, se candidata à vaga de preceptora de Louise, a sobrinha órfã do conde de Buckington, um nobre conhecido pela sua frieza e arrogância. Uma brincadeira do acaso e ela se vê diante da possibilidade de voltar à França sob a proteção do nobre inglês e de descobrir o que aconteceu com seus pais. Mesmo avisada sobre os riscos, ela decide seguir em frente, ainda que isso signifique fingir ser a noiva do conde de gelo. Edward é um homem frio e arrogante, disposto a qualquer coisa para vingar-se do francês que destruiu seu irmão, até mesmo embarcar para a França em companhia de uma desconhecida apresentando-a como sua noiva. Ele conhece os riscos da empreitada, só não está preparado para os sentimentos contraditórios que invadem seu coração.

Clichê! Essa palavra define esse livro. Você começa a leitura já imaginando o que vai acontecer durante e no final da história, e tudo acontece exatamente como você imaginou, sem tirar, nem pôr. Com 200 páginas, também não espere um livro com muita consistência, pois ele é bastante superficial no contar da história. E mesmo assim, eu ainda dei três estrelinhas para ele, o que é uma excelente nota para um livro com as características que eu citei acima, pois apesar de tudo a leitura foi saudosa, e me fez recordar da época que eu lia romances de banca, o que não quer dizer que todos os romances de banca tenham histórias simplistas, porém a maioria são sim de narrativa leve, resumida e água com açúcar.

Porém uma das coisas que mais me incomodou, com certeza, foi a rapidez com que tudo aconteceu, pois apesar de ser uma pessoa metódica como sou, que não se importa com a obviedade, até pra mim as coisas aconteceram rápido demais, pois eu acabei não comprando a história, entendem? A mocinha do dia para a noite se vê apaixonada, e logo em seguida é o nosso mocinho que descobre que não pode viver sem a mocinha. Daí você fica: "Como assim?", "O que foi que eu perdi?", "Acho que estão faltando páginas no meu livro". Você fica o tempo todo com esse sentimento de que está faltando alguma coisa. 

Dito isto, o enredo da história é bem legal, só precisaria ser melhor desenvolvido, conter algumas reviravoltas, pois algumas pitadas de surpresa são sempre bem-vindas durante a leitura. Quanto aos personagens, eles são bastante agradáveis, não fiquei com vontade de bater em nenhum (risos), pelo pouco que conheci deles. Gostaria de ter conhecido um pouco mais a Louise, sobrinha de Edward, as participações dela foram ótimas. Quanto ao restante da história, não pretendo ser repetitiva, já que a mesma já é contada na sinopse, e se eu falar um pouco mais, vou acabar contando o livro inteiro.

Conforme vocês devem imaginar livro é muito leve e de leitura fluida, apesar da obviedade da narrativa, a autora consegue escrever de uma forma que envolve o leitor para que ele só largue o livro quando terminá-lo. Um outro ponto positivo é que a autora consegue ambientar muito bem sua história, o que demonstra um domínio no assunto, ela descreveu a Inglaterra e França tão bem quanto qualquer autora inglesa, ela escreveu um livro de ficção envolvendo acontecimentos reais da história desses dois países muito bem, e eu adoro livros assim. A Silvia tem potencial para escrever histórias incríveis, basta que ela tente construir narrativas um pouco mais substanciais e estruturadas.

A série Amores ainda conta com mais dois livros: Um Amor Inesperado e Um Amor Apaixonado. E em breve teremos resenha deles aqui no blog.

UM AMOR CONQUISTADO foi cedido em parceria com a Editora Pedrazul

SOBRE A AUTORA:




Escritora nacional, autora de livros românticos ambientados na Inglaterra no século XIX.

20 comentários:

  1. Olá!
    Achei a capa tão bonita hahahaha
    Eu adoro romances de época, mas de um tempo para cá não consigo ler todos as autoras. Não sei, parece que as histórias são realmente muito rápidas e não tem aquele desenvolvimento, sabe?
    Acho que me apaguei demais com a Julia Quinn, tá difícil hahahaha

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Sabe que percebi que a maioria dos romances são clichês, não que eu me importe, desde que ele seja bem desenvolvido.
    Nesse caso passo a dica. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu não conhecia o livro e, sabe, eu amo um romance clichê que esteja bem escrito e bem contado. Eu achei a premissa interessante e fiquei curiosa pela leitura.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu não conhecia a autora. Eu acho que seria interessante se ela também fizesse algum romance de época ambientado no Brasil. Às vezes nos apegamos muito ao universo europeu dos romances de época e esquecemos do Brasil.
    Em todo o caso, até é comum ser clichê esse tipo de romance, mas daí existem diferenças entre um clichê bem desenvolvido e outro com tamanha obviedade e amores instantâneos. Uma pena, mas mesmo assim, sendo romance, há chance de eu ler. rs
    Bjos
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  5. Ah eu te entendo! Gosto de autores que desenvolvem e aprofundam os personagens e a trama, esses instaloves que ocorrem nunca me conquistam! Adoro um clichê, mas tem que ser clichê com seu diferencial! Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, que pena que apesar de um bom enredo, não teve um bom desenvolvimento da escrita. A capa é linda, alias, esta editora sempre capricha. Mas como é um livro relativamente pequeno, eu daria uma chance.
    Parabéns pela sinceridade em tua resenha, ficou muito boa.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Para eu ler romance de época, só se for de alguma autoria específica, não são todos que me agradam. Já li outras resenhas desse livro e estou começando a achar que vou acabar lendo. Obrigada pela dica!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Que pena que o livro não foi como você imaginava, mas parece que apesar de tudo o livro teve bons momentos. Eu, ao contrário de você, não tenho saudades das minhas leituras de romances de banca, então vou passar a dica de hoje.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Não costumo ler histórias nesse estilo, ainda mais com um caminho meio óbvio. Mas confesso que é bom ler de vez em quando algo pra se distrair e com uma leitura rápida. Que bom que você, pelo menos, curtiu os personagens.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Que capa maravilhosa!
    O comecinho me lembrou "a garota que você deixou para trás" o tema de guerra também foi abordado e confesso que amei e me surpreendi.
    Mas lendo sua opinião percebi que não terei a mesma sorte lendo este livro, o que é uma
    Pena.

    Hoje vou deixar a dica passar, e de gostar do tema "guerra" leia o livro que citei eu amei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá Amanda tudo bem, lendo a sua resenha e prestando atenção nos pontos que vc destacou, eu ainda quero tirar a prova e ler o livro, me parece uma história que mesmo clichê me interessou. Bjkas

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tive vontade de ler o livro, e não gosto quando as coisas acontecem muito rápido, e quanto ao cliché, não me importo nem um pouco, até gosto.
    BJs

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Ainda não tive a oportunidade de ler os livros da editora, mas achei muito bacana o enredo, apesar de gostar que tudo seja muito bem explicado na narrativa... Espero poder ler em breve e tirar minhas próprias conclusões.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, fico feliz que tenha sido sincera!

    "Quanto ao restante da história, não pretendo ser repetitiva, já que a mesma já é contada na sinopse, e se eu falar um pouco mais, vou acabar contando o livro inteiro."

    É ruim quando isso acontece, adoro livros que vem cheios de mistérios, surpresas sempre são maravilhosas, mas livros de leitura suave são bem gostosos em alguns momentos não acha?

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  15. De fato, com todas as características que você citou, três estrelas é uma boa nota. ‘pois apesar de tudo a leitura foi saudosa, e me fez recordar da época que eu lia romances de banca’ também li muitos na adolescência, hoje é o tipo de livro que não me apetece mais, não nutre meu interesse, acho bobinhos, mas na época era tão bom, e lembro dessa época com saudade.

    ResponderExcluir
  16. O contexto histórico do livro é tão rico! Fiquei triste pela autora não ter conseguido dar profundidade à narrativa. Também não gosto muito de romances que o casal ser se apaixonam num piscar de olhos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Eu amo ler romances de época e confesso que estava com as expectativas bem altas com essa serie. As capas são lindas e as premissas parecem legais. Lamento saber que o primeiro livro foi bem mais ou menos e sinceramente vou aguardar a sua resenhas dos próximos para decidir sobre a compra.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. O contexto histórico do livro me chamou atenção, quem não gosta de uma narrativa envolvente também, né? Adorei a dica e vou conferir mais resenhas pra decidir se realmente o darei uma chance, mas tô na vontade!

    Beijos,
    Livros que Li

    ResponderExcluir
  19. Olá, amei o blog e também a resenha!
    Amo romances de época, embora ultimamente eu ande meio enjoada, acho que já li muitos, estou buscando outros tipos de leitura, mas quem sabe eu não dê uma chance a mais um? Parabéns pela resenha.

    Beijinhos.

    http://birdsalsocry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu tenho escutado falar muito desse livro e confesso que mesmo sendo um típico clichê eu tenho muita vontade de ler, pois sou apaixonada pelo gênero.
    Sem contar que acho a capa bem bonita.

    ResponderExcluir