(Resenha) O Gato Preto - Edgar Allan Poe

Livro no Skoob: O Gato Preto
Título Original: The Black Cat
Autor: Edgar Allan Poe
Editora: Martin Claret
Gênero: Quadrinhos/ Terror/ Suspense/ Conto
Páginas: 72
 Ano: 2017
A intrigante história de "O gato preto" é narrada em primeira pessoa pelo personagem sombrio que desde criança possui uma grande afeição por animais, mas o destino mostra-se assustador quando um gato preto aparece em sua vida. Nesses quadrinhos desfrutamos um pouco do mistério, do fantástico e da alma do ser humano, que se revela aterrorizadora. Uma leitura imperdível!

Quando vi o nome do Poe já sabia que queria ler esse conto, e imaginem a minha surpresa ao encontrar além de tudo uma História em Quadrinhos? A Martin Claret está inaugurando esse novo gênero de leitura, e nos apresenta uma narrativa tanto em história escrita como em imagens. E o conto macabro que nos espera entre as páginas nos fascina como só o renomado autor pode nos proporcionar.

O Gato Preto (em inglês: The Black Cat) é um conto de Edgar Allan Poe. Foi publicado em uma edição do Saturday Evening Post de 19 de agosto de 1843. Sua narrativa quando se absorve, tem um teor bem mais psicológico que sobrenatural, apesar que o nome do conto já nos desperta várias referências ao sombrio, afinal um gato preto é irremediavelmente associado a bruxaria e afins.

O conto em si nos é apresentado pelo personagem narrador, o mesmo nos conta um pouco de sua história, seu amor pelos animais, e vai nos conduzindo por mudanças sutis em sua personalidade, até que nos deparamos com um homem muito diferente do que vemos nas primeiras páginas. Acompanhamos o narrador, e seu amado gato Plutão, e com o passar do tempo o gato fica cada vez mais rabugento, já o seu dono cada vez mais afetado por um mal  com o qual já não espera ganhar...



"Não obstante, tão certo como existe minha alma, creio que a perversidade é um dos impulsos primitivos do coração humano - uma das faculdades, ou sentimentos primários, que dirigem o caráter do homem. Quem não se viu, centenas de vezes, a cometer ações vis ou estúpidas, pela única razão de que sabia que não devia cometê-las? Acaso não sentimos uma inclinação constante, mesmo quando estamos no melhor de nosso juízo, para violar aquilo que é Lei, simplesmente porque a compreendemos como tal? Esse espírito de perversidade, digo eu, foi a causa de minha queda final."



O quadrinho apesar de ser curtinho por se tratar de um conto, é bem mais profundo do que se imagina, afinal o mesmo possui significados expressivos que em uma primeira leitura poderia deixar passar certos detalhes. Poe coloca em meio as páginas, a escura essência do ser humano, como nada é preto no branco, e sim somos nuances do bem ou do mal, e nossas atitudes podem nos levar a lugares onde nem sequer imaginamos. 

O Gato Preto é uma obra completa, que nos convida a explorar a psique humana, suas mais nefastas perversidades, ao mesmo tempo em que vemos uma critica a vícios que usamos para mascarar nossos desejos profanos. Afinal o que nos torna bons ou maus? Ao assistir o desdobramento da história narrada, nos perguntamos qual o cerne da consciência humana e seu caráter, podemos também espiar pelas brechas da alma, o que se esconde atrás de nossas fachadas, nossos desejos mais primitivos.

"[...] Sabia que estava cometendo um pecado - um pecado mortal que comprometia a minha alma imortal, afastando-a, se é que isso era possível, da misericórdia infinita de um Deus infinitamente misericordioso e infinitamente terrível.''


A edição mais uma vez esta impecável, a editora  juntamente com os ilustradores Diogo Henrique e Hugo Matsubayashi, nos convidam a embarcar nesse obscuro recanto da mente de um dos mais conhecidos escritores, e em cada ilustração nos leva a refletir sobre a inspiração para tão macabra obra. Convido você a conhecer esse conto, e  juntamente comigo sentir calafrios na espinha a cada virada de página, a se encantar mais uma vez com o universo fantástico criado pelo Poe, que até hoje nos intriga com suas histórias de terror, porém ao mesmo tempo nos faz questionar se nós mesmo não somos a fonte desses males.

O GATO PRETO foi cedido em parceria com a EDITORA MARTIN CLARET

Sobre o autor:

Resultado de imagem para poe
''Edgar Allan Poe é uma influência determinante em toda a nossa modernidade, o criador das histórias de detetive e das tramas de ficção científica, presente nas atualíssimas tendências fantásticas, góticas e underground (…)”
Poe é um escritor estudado e cultuado em todo o Ocidente. Entre suas obras destacam-se: The Raven (O Corvo, poesia, 1845), Annabel Lee (poesia, 1849) e o volume Histórias Extraordinárias (1837), onde aparecem seus contos mais conhecidos, como "A Queda da Casa dos Usher", "O Gato Preto", "O Barril de Amontillado", "Manuscrito encontrado numa Garrafa", entre outros, considerados obras-primas do terror.

29 comentários:

  1. Oi! Adorei esta dica, não sabia destas publicações da Editora e como tem muita coisa do autor que quero ler, este vai para a lista.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi Jani, tudo bem?

    Eu terminei a leitura ontem e adorei. Achei o tom sombrio do quadrinho combinando muito bem com a história e Poe é sempre sensacional! Espero que a editora publique mais!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Janiele! Adorei a resenha, o livro parece ser bem legal! Gostaria de ler. Nunca li nada do Poe. ..
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Janiele!
    Menina, essa edição está um arraso! Linda demais!
    Eu ainda não li esse conto do Poe. Vou aproveitar e adquirir essa edição maravilhosa.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  5. Oie
    Tenho visto muitas pessoas lendo livros deste autor, e eu nunca li nada. Amei esta obra, ainda mais em HQ, preciso já conferir algo do autor.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei a HQ, Edgar está na minha lista há um bom tempo e tenha muita curiosidade sobre os seus textos. Gostei muito do post, a capa é incrível e isso de conter mais psicológico do que sobrenatural me atrai muito ;D

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Gente, preciso dessa HÁ, esse conto é dos que mais me impressiona, talvez por eu ser uma Louca dos Gatos, e pelas fotos presentadas a arte pare ser muito bonita.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela resenha Janiele! Amo os contos do Edgar Allan Poe e recentemente comprei um livro do autor que, para minha felicidade, tem o conto O Gato Preto. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Eu, apesar de gostar do gênero que o Poe escreveu, nunca li nada do mesmo, e olha que não dói por falta de oportunidade kkk. Eu não sabia que tinha esse belo HQ do conto, achei tudo muito linda e sem dúvidas irei procurar para leitura em breve. até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oioi
    Ótima dica, não tinha conhecimento que a editora estava publicando esse tipo de livro !
    Confesso que não sou muito de ler quadrinhos mas gostei da história !

    ResponderExcluir
  11. Heiii, tudo bem?
    Nossa, como que eu nunca ouvi falar dessa obra "O Gato Preto"??
    Achei mto interessante o enredo, e fiquei curiosa pra saber mais da historia e dos personagens.
    Achei a edição bem lindona e bem feita, vou querer um exemplar com certeza.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  12. Eu li esse conto uma vez na aula de inglês, e achei bem reflexivo, tenho vontade ler mais coisas do Poe

    ResponderExcluir
  13. Olá!!! Desde o lançamento dessa obra pela Martin Claret, estou louca por ela! O trabalho de Poe vai sempre muito além de um entretenimento de suspense e aqui não é diferente.
    Bjoooo ❤

    www.blogpapelpapel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Não fiquem bravos comigo, mas não tenho interesse nenhum em ler Poe, hahahahaha. Desculpa. Mas eu achei a ideia de transformar os contos dele em quadrinhos muito legal, deve dar um resultado bem diferente.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  15. Oie!

    Pra ser bem sincera, não sei se Poe é muito o meu estilo, mas adorei o fato de ser em quadrinhos. Se for um dia conhecer o autor, com certeza será por esse conto. Adorei a resenha! Beijinhos


    www.nathaliaorige.com

    ResponderExcluir
  16. Já quero! Além de interessante o livro é lindo demais! Amei muito essa dica!

    ResponderExcluir
  17. Olá, Janiele.
    Mas que edição maravilhosa! Nem mal comprei meu livrão do Poe e já quero esse ai... assim o bolso não aguenta haha
    Sério, fiquei apaixonado pelas fotos :o

    Abraço!
    http://lupiliteratus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, Janiele
    Sempre dizem isso dos contos do Poe, desse calafrio na espinha. A única coisa que li do autor foi O corvo, e um livro baseado em sua vida. Adorei a dica, com certeza leria.


    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Adorei saber que a editora esta lançando histórias escritas com imagens que coisa mais legal!!! Confesso que não é o gênero de livro que costumo ler, mas achei a história super envolvente e as ilustrações lindas!!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  20. Oie, ainda não li nada do Edgar Allan Poe, apesar de ter sido muito recomendado pelo meu melhor amigo, que ama as obras dele! Gostei da adaptação para História em Quadrinhos, porque ajuda a ampliar o público da obra. Obrigada pela dica! Abraços!

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Apesar de achar interessante, eu não leria, pois não é meu estilo de leitura e também por achar muito sinistra. Sou muito medrosa.

    ResponderExcluir
  22. Olá! Minha mãe tinha esse livro! Li esse livro quando tinha uns 12 anos. Gosto bastante do estilo da escrita de Poe, essa atmosfera misteriosa que dá frio na espinha. Parabéns pela resenha, ficou ótima! Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Oie!
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas gostei das ilustrações.
    Confesso que não gosto muito das histórias do Allan Poe, mas nesse caso, vou tentar conferir essa trama.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bem? Não conhecia esse conto do Poe, mas fiquei bem animada. Adorei saber que o personagem passa por mudanças durante a leitura e que não termina o mesmo que começou. Poe sabe como poucos colocar pontos de críticas e reflexões nos livros e vi que esse é cheio também, o que é ótimo. A ilustração é lindíssima e pelo que vejo, bem trabalhada e desenhada. Não conhecia a HQ e o trabalho dos cartunista, mas fiquei bem interessada. Dica anotada!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi, Janiele!
    Que quadrinho maravilhoso! Ainda mais quando retrata um dos contos de Edgar.
    Pelas fotos o livro está um máximo. Gostei!

    ResponderExcluir
  26. Olá!

    Adoro Poe, esse eu não conhecia, mas essa versão quadrinhos está linda, já está na minha lista de desejados!

    ResponderExcluir
  27. Oi!!
    Que capa fofa, adorei e é quadrinhos e é do Poe, eu quero esse conto.
    Eu imagino que ler esse conto em formato de quadrinhos deva ser o máximo.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  28. Esse conto parece super gosto de se ler. Gostei da sua resenha e das fotos

    ResponderExcluir
  29. Adoro o autor então sou suspeita para falar.
    Amei sua resenha!


    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir