(Resenha) Jovens de Elite - Marie Lu

Livro no Skoob: Jovens de Elite
Título Original: The Young Elites
Série: Jovens de Elite # 1
Autora: Marie Lu
Editora: Rocco
Páginas: 304
Ano: 2016
Bestseller do The New York Times com excelente repercussão entre público e crítica, Jovens de Elite é o primeiro de uma série de fantasia ambientada na era medieval e protagonizada por jovens que desenvolvem estranhas cicatrizes e poderes especiais ao sobreviverem a uma febre que dizimou boa parte da humanidade. Entre eles está Adelina, que, após se rebelar contra o destino imposto a ela por seu pai, encontra um novo lar na sociedade secreta Jovens de Elite, vista por alguns como um grupo de heróis, por outros como seres com poderes demoníacos. Heroína ou vilã? Num mundo perigoso no qual magia e política se chocam, Adelina descobre o lado sombrio de seu coração. Da mesma autora da aclamada trilogia Legend, Marie Lu, Jovens de Elite é o início de uma saga arrebatadora. Perfeita para fãs de histórias de fantasia medieval como Game of Thrones, com vilões dignos de Star Wars e X-Men.

“Continue. Você não pode se dar ao luxo de parar”

Jovens de Elite foi uma verdadeira surpresa para mim, nunca tinha lido nada da Marie Lu, mas ouvi falar muito bem dela, e posso dizer que os elogios a ela não foram em vão. Uma das coisas que mais me fez gostar do livro é que ele é surpreendente, pois não é comum você ver livros onde o personagem principal é um vilão, e o mais interessante é que esse livro retrata o surgimento de um vilão, vamos descobrindo como fatores externos vão influenciando na formação de caráter da personagem, e tudo o que ela passa para tentar se entender, e que por isso ela não é puramente cruel.

O livro retrata a história de Adelina Amouteru, que quando ainda era uma criança foi acometida por uma doença chamada febre do sangue, doença essa que matou muitos adultos e modificou as crianças que sobreviveram, dando a elas poderes estranhos, e deixando nelas marcas de deformação. Adelina tem cílios prateados e perdeu um olho, deixando uma enorme marca em seu rosto, mas ganhou um poder que acaba por fazê-la ser cobiçada. Mas até ela descobrir qual é exatamente o seu dom, ela vai sofrer muito, nas mãos de seu próprio pai.

Todas as crianças que foram acometidas pela febre de sangue, e que ficaram marcadas são chamadas de malfettos, e apesar dos seus poderes, e até mesmo de não terem culpa, a sociedade os descriminam, os condenam, acreditam que eles são um castigo dos deuses e que devem ser exterminados, é para isso que existe a Inquisição, um grupo de soldados à serviço do Rei que tem como único objetivo, caçar e condenar os malfettos. E é nas mãos deles que Adelina acaba caindo, assim que ela descobre o seu dom, mas esse conhecimento não a ajuda, pois com seu poder recém descoberto ela ainda não consegue dominá-lo, e se torna indefesa nas mãos dos inquisidores.

Mas no auge de seu desespero, quando ela imagina estar sem saída, alguém aparece para salvá-la, Enzo Valenciano, o líder da Sociedade dos Punhais, um grupo de malfettos com tão fortes poderes que são chamados de Jovens de Elite. Eles resgatam Adelina, e a levam para o seu esconderijo, onde ela passa a ser treinada para aprender a controlar os seus poderes e possa se juntar a eles na sua missão.

Mas os poderes de Adelina estão estritamente ligados ao medo, a raiva e a fúria, o que faz com que a Sociedade dos Punhas não cofie nela totalmente. E Adelina passa a se perguntar o porquê deles a terem ajudado, se eles são de verdade seus amigos, se ela deve confiar realmente neles. E quando a pessoa que ela mais ama é colocada em perigo ela precisa decidir onde colocar a sua lealdade.

O livro é uma caixinha de surpresa, como todo mundo, Adelina tem um lado bom e um lado ruim, e ela não consegue sobreviver sem os dois, esses seus dois lados vivem tentando dominar Adelina, o que se torna cada vez mais difícil quando ela vai aprimorando os seus poderes. Ela se pergunta se as coisas que faz é por acidente ou se ela de fato as desejou, ela sente remorso no que faz e ao mesmo tempo prazer. É um conflito interno permanente, que Adelina está tentando descobrir quem ela deixará vencer, e nós leitores também.

Esse livro jovem adulto apresenta uma trama cheia de reviravoltas, com muitas aventuras, uma protagonista intrigante, uma história cheia de surpresas e revelações, com um final surpreendente e chocante, que deixa o leitor avido pela continuação. Eu já estou com ela aqui, e louca para saber como se dará o desenrolar dessa história.

Sobre a autora:






Marie Lu escreve romances jovens-adultos, e tem um amor especial por livros distópicos. Antes de se tornar uma escritora em tempo integral, era diretora de arte em uma empresa de jogos. É formada na Universidade do Sul da Califórnia, e atualmente vive em Los Angeles,

10 comentários:

  1. Olá, Amanda.
    Como eu amei a trilogia Legend da autora acabei indo com sede demais ao pote quando fui ler esse livro e infelizmente acabei me decepcionando. Não que ele seja ruim pelo contrário, mas esperava bem mais dele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Amanda, tudo bem?

    Adoro livros com reviravoltas, mas confesso que o protagonista ser um vilão é o que mais me chama atenção! Fiquei super curiosa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi
    eu lembro das divulgações desse livro, quase não li resenhas dele, que bom que gostou e achou surpreendente ele, parece ser uma história que vale a pena ser lido, gostei da resenha.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha Amanda. Realmente parece ser uma distopia bem interessante e surpreendente. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bom? Essa é a primeira resenha que leio desse livro, eu não ideia do que ele falava... enfim, eu fiquei bastante interessada, parece ser uma leitura ótima,vou adicionar na minha lista para ler futuramente ^^ Adorei a resenha *_*

    Beijos
    Resenha Atual

    ResponderExcluir
  6. Oi! Eu estou vivendo uma relação de amor e ódio com esta série. A protagonista eu quero matar, mas a história dos Jovens de Elite é sensacional. Li os dois primeiros e quero logo terceiro.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Não conhecia o livro, tem um enredo muito interessante. Faz tempo que eu não leio nada do tipo. Adorei sua resenha.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie Amanda =)

    Tenho bastante curiosidade em conhecer essa série, pois venho lendo resenhas bem positivas desses que ela foi lançada.

    Gosto dessa atmosfera meio fantasia, meio distopia que alguns autores conseguem criar. Em minha opinião deixa tudo ainda mais emocionante.

    Ótima resenha!

    Beijos e um Feliz Natal para você e sua família!

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  9. Oi Amanda,

    Eu conheço a autora pela autora trilogia dela e adoro, acho a Marie competente com seus livros e personagens. Esse eu só não li ainda, porque tô esperando a editora lançar o box, ou pelo o terceiro que dai não espero muito.

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Já li a trilogia "Legend" da Marie Lu e é uma das minhas favoritas.
    Gostei muito de "Jovens de Elite", mas não gostei da protagonista e isso prejudicou um pouco a minha leitura.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir