(Resenha) Corte de Névoa e Fúria - Sarah J. Maas

Livro no Skoob: Corte de Névoa e Fúria
Título Original: Court of Mist and Fury
Série: Corte de Espinhos e Rosas #2
Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 658
Ano: 2016
Feyre sobreviveu as garras de Amarantha para voltar a Corte da Primavera - mas a um custo inesperado. Embora ela agora tenha as atribuições da Corte feérica, seu coração continua sendo humano, e não podemos esquece os atos terríveis que ela realizou para salvar o povo de Tamlin. Feyre não havia esquecido sua barganha com Rhys, grande e temido Lorde que navega em uma teia escura de política, paixão e poder deslumbrante, um verdadeiro tecedor de males. Feyre pode ser a chave para pará-lo. Mas só se ela for capaz de aproveitar seus dons angustiantes, curar sua alma angustiada, e decidir como ela deseja construir seu futuro. E o futuro de um mundo cindido em dois.

Essa resenha contém spoilers do livro anterior

Se segura que lá vem textão! Após esperar mais de um ano pela continuação de Corte de Espinhos e Rosas, finalmente posso dividir com vocês o meu amor por esse livro lacrador! Imaginem a emoção de ter finalmente em mãos um dos melhores livros que já li, que me deixou acordada até as três horas da manhã sem conseguir pregar os olhos, minha mente não era mais minha, meus pensamentos se resumiam apenas a estas páginas, a cada linha, cada palavra.

A Corte de Névoa e Fúria ou ACOMAF como muitos conhecem pela sigla em inglês, continua a partir dos acontecimentos sob a Montanha, a morte de Feyre e o seu retorno, não mais humana, mas também não completamente feérica, um corpo imortal com um coração humano. Quebrada e sozinha mesmo em meio aos que dizem amá-la Feyre definha pouco a pouco, seus pesadelos a atormentam e a fazem reviver os piores momentos que Amarantha a fez passar.

Porém, Tamlin parece que não ver ou não quer ver o sofrimento a qual ela enfrenta, a trata como um lindo passarinho em sua gaiola dourada, um troféu em sua estante, Feyre Quebradora de Maldições, Noiva do Alto Senhor da Corte Primaveril. E aqui que as coisas vão ladeira abaixo, depois de tudo que passou, de tudo que lutou apenas para salvá-lo, salvar o seu povo, Feyre se ver presa a dias de tédio, Tamlin se recusa a levá-la em suas missões, insiste em mantê-la protegida de tudo e de todos, mesmo depois dela mesma tê-lo salvo, de ter se mostrado forte e capaz.


"Não precisava contar a ele que, embora eu o tivesse libertado, salvado seu povo e toda Prythian de Amarantha... tinha me destruído"
O relacionamento dos dois vai se tornando algo completamente diferente daquilo que vimos no livro anterior, agora que tem seus poderes de volta, Tamlin parece se esquecer que Feyre é forte, e já provou isso,  ele espera que ela se torne apenas um rosto bonito, a esposa do Alto Senhor, que se preocupe com vestidos e festas enquanto a priva de sua liberdade, acompanhamos essa relação se tornar abusiva.

Porém em meio a tudo isso Feyre ainda tem um acordo a cumprir, e Rhys não esqueceu de cobrá-lo. Junto com ela iremos conhecer a Corte Noturna, o lar do Alto Senhor escuro e sedutor que irá tentar convencer Feyre a ajudá-lo a lutar numa guerra contra as ameaças do Rei de Hyberne. Enquanto as coisas na Corte da Primavera vão de mal a pior e o relacionamento com Tamlin se torna sufocante, vemos como Feyre encontra em Rhys mais uma vez um refúgio, e na Corte Noturna ela vai aprender o quão forte se tornou, e como sozinha pode dobrar o mundo aos seus pés.

Destaque para personagens secundários que roubam a cena e nossos corações! Quando passamos a conhecer mais Rhysand e sua corte, vemos seu círculo interno, que na verdade é uma família para ele, sua prima Mor, Cassian, Az e Amrem, guerreiros letais porém leais ao seu Senhor e amigo, e é impossível não se apaixonar por todos eles. As irmãs da Feyre também aparecem nesse livro e tem uma participação importante no desfecho, e até que eu não detestei tanto a Nestha dessa vez, ela se mostra como sempre uma personagem forte e promete causar no próximo livro!

Sinceramente essa foi de longe a pior resenha que tive que fazer aqui no blog, sabe quando você ama tanto um livro, quer passar esse amor todo pras pessoas, fazer elas lerem e se apaixonarem também? Não consegui expressar todos os sentimentos que vivi durante essa leitura e acho que nem poderia, foi algo que traçou uma linha, e marcou muito minha percepção sobre os livros, o poder que um autor tem em nos fazer mergulhar em um mundo mágico, em nos fazer vibrar, pular, querer gritar, extravasar... 

Enfim, se eu pudesse ter um super poder de telepatia estaria nesse momento colocando a mão na cabeça e convencendo vocês a largarem tudo e correrem pra ler esse livro! Enquanto isso ficarei sofrendo à espera da continuação, caso saibam de algum lugar onde eu possa me congelar, ou alguma máquina do tempo deixem nos comentários!

Quotes:
"Ás pessoas que olham as estrelas e desejam Rhys"
"As estrelas que ouvem e aos sonhos que são atendidos" 

Sobre a série Corte de Espinhos e Rosas:

2. Corte de Névoa e Fúria (2016)

Sobre a autora: 





Sarah J. Mass vive no sul da Califórnia, gosta de filmes da Disney e música pop. Ela adora conto de fadas e balé, bebidas de café, e assistir programas de TV. Quando ela não está ocupada escrevendo romances de fantasia Ya, gosta de explorar a costa da Califórnia. 

11 comentários:

  1. Ah, deu pra sentir seu amor pelo livro em sua resenha. Eu já tinha visto, mas nunca olhei duas vezes pra ele não. Agora confesso que fiquei curiosa em relação a série, hehe!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  2. Essa série parece ser tão foda, mas ainda não tive oportunidade de ler! Sua resenha está muito boa, bem objetiva e fluida!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Amei totalmente esse livro. Li ele em um dia e posso dizer que me apaixonei. Foi o melhor livro que li o ano inteiro! Que anciedade pra falar dele! #Feysand

    ResponderExcluir
  4. Oi Janiele!

    Não li o primeiro livro, mas adoro quando os personagens secundários roubam a cena! E pela resenha já me convenceu a ler sim <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Sei bem como é essa sensação de amar tanto o livro a ponto de não conseguir transmitir tudo o que achou/sentiu na resenha! Nunca fica boa o suficiente né hgahahaha mas fica tranquila que sua resenha ficou maravilhosa e, sem dúvidas, um livro que nos deixa varando a madrugada de tão viciante que é, merece a atenção!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Janiele.
    Confesso que li a resenha meio por cima para não pegar spoilers. Eu estou com o primeiro livro aqui para ler e como essas capas são maravilhosas né? Sei o que você deve estar sentindo, já me senti assim antes. parece que por mais que a gente escreva não vai conseguir passar o que sentimos com o livro.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi! Estou aqui cheia de expectativas por esta continuação, gostei muito do primeiro mas acredito que será nesse que a história realmente vai tomar aquele rumo perigoso. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida, com certeza o segundo livro amarra muitas pontas que ficaram do primeiro livro, e sim a estória toma rumo!

      Excluir
  8. Oi Janiele,
    Ai não fale isso, pois eu estou com o meu exemplar na estante, mas sou vou pega-lo daqui uns 25 dias, pois as provas da minha faculdade estão começando. Eu ameiii o primeiro livro e nossa, se tornou um dos meus livros favoritos e só de saber que o segundo está no mesmo nível me da vontade de pega-lo para ler imediatamente! Mas vou me aguentar por aqui rsrs. Imagino sua ansiedade para o próximo.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  9. Gostei da resenha Janiele. Amo a escrita da Sarah J Maas e só ouço ótimos elogios a respeito desta nova série dela. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  10. Oii, ameeeeei!!
    Sabe quando sai o vol 3?

    ResponderExcluir