(Resenha) A Caminho do Altar - Julia Quinn

Livro no Skoob: A Caminho do Altar
Título Original: On The Way To The Wedding
Série: Os Bridgertons #08
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Ano: 2016
Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece. O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la. Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele? A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.

Eu me lembro como se fosse ontem quando eu ganhei o livro O Duque e Eu da Julia Quinn, em meados de 2012, ainda no formato banquinha (valeu Niane), foi quando a Julia arrebatou meu coração, me lembro também da minha euforia quando a Arqueiro anunciou que publicaria os Bridgertons em 2013, desde então eu não largo deles, li todos e tenho todos os livros, exceto o 7º (falha que pretendo corrigir o mais rápido possível), então foi uma longa jornada, quase 4 anos acompanhando essa família, que sempre me trouxe horas maravilhosas de puro contentamento, nenhum dos livros me decepcionou, havia sempre expectativa mas nunca decepção, essa é sem sombra de dúvidas a melhor família de todo o universo literário dos romances históricos, se existe alguma melhor, eu ainda não conheci. Então meu coração ficou um pouco partido quando eu terminei a leitura desse último livro... 

Ahh Gregory você representou tão bem a sua família, esse é sem dúvida o mais fofo dos livros dessa série, super romântico, porque sim Gregory é um romântico incorrigível, para a sorte de Lucy, a cética Lucy, mas também como poderia ser diferente, Gregory viu todos os seus irmão se casarem por amor, sua mãe foi apaixonada pelo seu pai, então se ele tinha uma certeza na vida era que o amor existia, e que era pra ele, e ele iria encontrá-lo e quando isso acontecesse a vida dele iria mudar para sempre.


Mas o nosso herói estava tão ansioso para encontrar o amor que acabou não olhando na direção certa, e quando ele conhece lady Lucinda Abernathy, ele só tem olhos para a sua deslumbrante amiga Hermione Watson, ele sabia que ela era a mulher destinada para ele assim que a viu, se sentiu arrebatado apenas com a sua presença, mas lady Hermione já tem um amor, amor esse que Lucy reprova, e por isso ela decide ajudar Gregory pois o acha um partido muito melhor para a sua amiga.

–O que o senhor vai fazer agora? – perguntou ela.– Com relação à Srta. Watson? Lucy fez que sim.– O que a senhorita sugere que eu faça?– O senhor pode esperar. Acho que... com o tempo... talvez ela perceba...– Perceba o quê?– Bem, que o senhor... é muito melhor do que os outros. Não sei por que ela não consegue ver. É bastante óbvio para mim.

E inicialmente Gregory não consegue entender como pode ter encontrado a mulher da sua vida e ela não amá-lo de volta, mas como sua mãe certa vez lhe disse, ele sempre teve tudo muito fácil, ele nunca teve que lutar por nada, e encontrar o seu amor verdadeiro pode não ser tão fácil como ele espera. Outra coisa também perturba Gregory, será que esse arrebatamento todo que ele sentiu por Hermione, é sinal do amor verdadeiro, depois de um tempo e algumas reviravoltas ele começa a se questionar sobre os próprios sentimentos.  É quando ele começa a olhar em outra direção, para Lucy, que acabou se tornando sua amiga, que apesar do pouco tempo ele a conhece tão bem, Lucy que a propósito já está quase noiva. Então sim, se ele quiser ser feliz com o seu grande amor, ele vai ter que lutar muito. 

Gregory observou os lábios de Lucy enquanto ela falava. Não sabia por quê, mas o formato deles de repente lhe pareceu intrigante... a maneira como se moviam, desenhando as consoantes e as vogais. Eram lábios comuns. Nada neles havia atraído a sua atenção antes. Mas ali, na biblioteca escura, sem nada no ar além do suave sussurro de suas vozes...Ele se perguntou como seria beijá-la.

E ele vai lutar, Gregory é com certeza o herói mais persistente de toda a família, ele é o que mais tem certeza dos seus sentimentos, e não duvida nenhum momento deles, mesmo quando as condições são improváveis, até quando a sua família dúvida, ele continua acreditando, e isso é tão lindo, a melhor qualidade no Gregory. Já Lucy é um amor, muito sensata, gentil, educada e interessante, adorei a nossa heroína, mesmo nas suas decisões mais difíceis, mesmo quando eu tive vontade de jogar o livro longe de tanta frustração por não está acreditando no que estava lendo, ainda assim eu sabia que faria o mesmo no lugar ela. Que belo par eles fazem, fiquei feliz por Lucy ter conhecido Gregory, eles realmente merecem um ao outro.

Isso percebeu ele, era amor. Era aquela sensação de que era o certo, sim. E era paixão também, saber que poderia acordar feliz ao lado dela pelo resto da vida.Mas era mais do que tudo isso. Era esse sentimento, essa compreensão, essa certeza de que ele daria sua vida por ela. Não havia dúvidas. Nenhuma hesitação.

E é isso que te espera em A Caminho do Altar, muitas emoções com certeza, muito romance, muitas reviravoltas, com um toque de sensualidade é claro, eu não li o livro simplesmente, eu o degustei e absorvi completamente, daquelas leituras que mexem com você, que não te deixam largar o livro para nada, aquele livro que dá vontade de andar por ai abraçada com ele, porque sim, eu sou dessas. Obrigada Julia Quinn por ter nos permitido conhecer essa deliciosa família, e obrigada também por entender que a gente não consegue simplesmente dizer adeus, por isso, ela pretende lançar mais um livro da série, que eu não sei quase nada a respeito, mais espero ansiosamente por mais notícias, pois já estou com saudades.

E vocês já leram algum livro da série? O que acharam? Vocês tem alguma família favorita como eu tenho os Bridgertons? Conta aqui pra gente nos comentários que eu já estou louca para embarcar em uma nova aventura.


A CAMINHO DO ALTAR foi cedido em parceria com a EDITORA ARQUEIRO


Sobre a autora: 



Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons. É formada pelas universidades Havard e Radcliffe. Seus livros já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas. Foi a autora mais jovem a entrar para o Romance Whiters of America's Hall of Fame, a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, e atualmente mora com a família no Noroeste Pacífico. 

11 comentários:

  1. Oiii Amanda

    A capa fofa deixa a gente com vontade de ler e se aventurar nessa história, mas infelizmente pra mim a série não funcionou. Li o primeiro da série, sobre a Daphne e a leitura foi arrastada.. Não descarto seguir com a série, mas isso fica pra futuramente.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é lindo, fecha a série com chave de ouro! Eu infelizmente relutei pra ler a série e quando comecei já estava acho que no quarto volume sendo lançado. Deve ser um sentimento muito nostálgico ter acompanhado desde o lançamento do primeiro! Dá uma dor ver Os Bridgertons enfim finalizado, né?

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ainda me surpreendo que essa autora ainda tenha livros dessa série IHASIAI
    Beijos
    Estilhaçando LivrosCantar em Verso

    ResponderExcluir
  4. Oi Amanda! É uma série linda né? Gregory é muito fofo, eu adorei o livro!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi Amanda,
    Eu sou apaixonada por Julia Quinn. Qualquer coisa que essa mulher escrever, vai ser 5 estrelas!
    Já estou com saudade dos Bridgertons, como faz? :(
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Depois que a Arqueiro mandou um livro cheio de contos de romance de época, fiquei curiosa para conhecer mais sobre esse gênero.Mas obrigada por me lembrar,rs.

    :)

    beeijão ^^
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Amanda! Eu amo a série, mas os primeiros me deixaram bem mais empolgadas que os últimos e espero que este feche com chave de ouro.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Gostei da resenha Amanda. Estou quase completando a minha coleção dos Bridgertons e mal posso esperar para começar a ler a série. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, Amanda.
    Não tem como não mar essa família. Eu amei desde o primeiro capitulo de O Duque e eu. Ansiava por conhecer mais dos outros irmão e também não me decepcionei em nenhum momento, exceto agora no final que queria que tivesse aparecido todos os irmãos. Mas vai ter um livro de epílogos o que já me satisfaz hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Julia foi meu primeiro contato com o gênero romance de época e foi a partir da série Os Bridgertons que me tornei fã de carteirinha do gênero. Já li muitas séries completas, mas esta tem seu quê a mais. Gosto mais da história parecida com a da Cinderela, que agora eu esqueci o nome --' rsrs não vejo a hora de conhecer o último Bridgerton e matar a saudade da adorável Quinn. Beijos! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Adorei o blog, já estou seguindo!!
    Comprei esse livro tem dois dias pra dar de presente a uma tia!
    Ela já leu até o sétimo livro (em e-book). Faltava o 8, e comprei pra ela...
    Falam tão bem que estou com vontade de ler também!

    Colecionadores de Livros
    Facebook

    ResponderExcluir