Nove regras a ignorar antes de se apaixonar, de Sarah MacLean

TÍTULO ORIGINAL: Nine Rules to Break whean Romancing a Rake
SÉRIE: Os Números do Amor Livro #1
AUTORA: Sarah MacLean
EDITORA: Arqueiro
PÁGINAS: 374
ANO: 2016

A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.
E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para
cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.
Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.
Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.
Sim, romances de época é um dos meus gêneros literários favoritos! E isso não é novidade para quem acompanha o blog, porém ainda não tínhamos resenhado nenhum livro da autora Sarah MacLean. E como fã ávida desse gênero (que está dominando cada vez mais o mercado literário) não perdi a oportunidade e solicitei para resenha o livro Nove regras a ignorar antes de se apaixonar, estava muito ansiosa para começar essa leitura, pois queria muito conhecer a escrita da Sarah, e até agora ainda não consigo conter um suspiro de felicidade quando fechei a última página desse livro, pois ele se tornou um dos meus livros favoritos! 

O título do livro já é bem sugestivo, e logo nas primeiras páginas somos apresentados as famosas regras a ignorar antes de se apaixonar, da nossa mocinha lady Calpúrnia Hartwell, como ela não gosta nem um pouco do nome extravagante dado pela mãe vamos chamá-la do seu apelido Callie, a história se passa em Londres, Inglaterra no ano de 1813. Callie é filha de um conde e acaba de debutar, porém a sua primeira temporada está sendo terrível, pois ela não é uma beldade londrina, e sim uma moça de feições bem simples, e curvas um pouco mais generosas, e devido aos gostos da mãe suas roupas são bastante chamativas e totalmente bizarras com isso nenhum solteiro disponível lhe dá atenção, tirando apenas os caçadores de fortuna e velhacos.

Após uma noite constrangedora em mais um baile, e de sair correndo para o jardim, Callie acaba conhecendo um dos mais famosos libertinos de Londres o marquês de Ralston, Gabriel a trata com bastante gentileza, e isso a deixa bastante encantada pelo marquês. Dez anos depois aos 28 anos Callie continua solteira, e sem expectativa nenhuma de arrumar um marido, e com a irmã mais nova prestes a se casar, a certeza do seu futuro como solteirona parece cada vez mais próximo. Porém depois de uma conversa séria com o seu irmão mais velho Benedick, e de ouvir conversas sobre a sua solteirice, ela decide fazer uma lista com algumas regras que planeja quebrar, regras completamente fora das convenções femininas da época e que poderia acabar com a sua reputação completamente.



Mas para quebrar a primeira regra, ela pedirá ajuda a ninguém menos que Gabriel, sim, o mais notório, charmoso e lindo libertino de Londres, o homem que está em todos os seus pensamentos desde que o conheceu naquele jardim, porém Gabriel não a ajudará assim tão facilmente e pedirá algo em troca... É aí que começa o envolvimento dos dois, e a cada regra quebrada os dois começam a ficar mais próximos, é palpável o quanto os dois se divertem juntos e de como a sensualidade entre ambos ficará cada vez mais forte. Mas o que acontece quando o homem dos seus sonhos não acredita no amor?

As páginas desse livro simplesmente voaram, logo nos identificamos com a personagem e sentimos um carinho enorme pela Callie, que também é uma leitora voraz e vive suspirando com os mocinhos dos romances que lê, ela é uma mulher que acredita piamente no amor. A escrita da Sarah MacLean é sagaz, envolvente, e sedutora, os protagonistas são extramente cativantes! Os diálogos são engraçados, os pensamentos dos personagens são descritos de uma forma tão inteligente que nos deixa extasiada pelas próximas aventuras de Callie. A história é repleta de cenas quentes, mas que são descritas com tamanha profundidade de sentimentos que é impossível não se emocionar e desejar pelo menos por um momento está no lugar da Callie.


Fazia bastante tempo que não me entusiasmava tanto lendo um romance de época, a Sarah com certeza entrou para a lista de escritoras que possui com um cantinho cativo na minha estante! Já estou super ansiosa para o próximo livro da série Os Números do Amor, Dez formas de fazer um coração se derreter contará a história de Lorde Nicholas St. John irmão gêmeo de Gabriel. Gostei da diagramação do livro, e as capas dessa série estão belíssimas, sem dúvida vou querer começar a ler outras séries da autora e porque não começar a quebrar algumas regras na minha vida também, pois a autora deixa uma grande lição para todas nós.


NOVE REGRAS A IGNORAR ANTES DE SE APAIXONAR foi cedido em parceria com a EDITORA ARQUEIRO.


SOBRE A AUTORA: 

Sarah MacLean passou boa parte da infância em meio a livros e bibliotecas, o que lhe inspirou o amor tanto por fatos históricos quanto por romances ficcionais. Forma pela Smith College e pela universidade de Havard, ambas em Massachusetts, foi quando Sarah finalmente decidiu unir suas maiores paixões e escrever o primeiro livro. Desde então, suas obras já entraram na lista de mais vendidos do The New Youk Times, do The Washington Post e do USA Today, além de terem sido traduzidas para mais de vinte idiomas. Vencedora do prêmio RITA na categoria Romances de Época, Sarah MacLean também é colunista do The Washington Post. Ela ainda mora em Nova Yor, com o marido e a filha.  

13 comentários:

  1. Não tem como não viciar nesse romances de época, né? Eu adorei esse livro também, primeiro volume da série já veio arrasando, mal vejo a hora de ler os próximos!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Elidiane!
    Eu li esse livro e amei! Achei a Callie super fofa e amei a Juliana também
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Olá, Elidiane.
    Eu me surpreendi bastante com a escrita da autora e amei esse livro. Geralmente os livros do gênero são bem clichês, mas ela conseguiu inovar. A Callie é impagável. Os romances de época também são um dos meus gêneros favoritos.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi Elidiane!Eu amei este livro, foi um dos que mais gostei do gênero. A mocinha e sua lista me fizeram das boas risadas.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oi Elidiane!

    Eu tb sou super fã do gênero!! Fiquei com aquela peninha de terminar o livro, espero que a Arqueiro não demore muito pra lançar os outros rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Também AMEI esse romance e coloquei ele em minha lista de preferidos! Aliás, emprestei ele a uma amiga e estou louca para que ela devolva porque ele é do tipo que a gente reler para alimentar sonhos néh!?!?! Também não conhecia a escrita da Sarah e simplesmente fiquei encantada com a ternura dela em como ela nos envolve em sua narrativa! É apaixonante! Acho que vou acabar lendo TUDO dela!

    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  8. Oi oi,

    também sou apaixonada por romances de época e li esse livro e amei! Ele é divertido, fofo e crítico - pensei bastante sobre feminismo enquanto lia e como, infelizmente, até hoje, a visão de que algumas atividades não são apropriadas para mulheres permanecem...

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi
    eu estou louca para ler esse livro, já conheço a escrita da autora e estou mega curiosa, ainda mais que falam muito bem do livro, adorei a resenha e indico que eia CLube dos canalhas da autora.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oie Elidiane =)

    Me sinto uma ET, pois infelizmente não consegui gostar tanto desse livro como vejo as pessoas gostando. Achei a protagonista um porre e a tradução deixou um pouco a desejar também. Mas, fico feliz que você tenha gostado.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  11. OMG, tô louca pra comprar esse livro. Tenho os livros dela lançados pela outra editora e esse aí já está na minha listinha. Tb amo romances assim, mal posso esperar pra conferir esse aí!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  12. Ahhh eu quero ler *-* adorei a resenha, com certeza devem ter sido aventuras e tanto para fazer as coisas hahah! Adoro estilos de homens libertinos, eles parecem tão envolventes né!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ooi! Até tinha lido outras resenhas sobre esse livro mas nenhuma que tenha me deixando curiosa como a sua. A obra parece ser bem leve e gostosa de ler. Vou considera-la quando quiser ler algum romance de época para sair da minha zona de conforto.
    Beijos
    Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir