A Mulher Incrível, de Alexandre Petillo

ORIGINAL: A Mulher Incrível
AUTORA: Alexandre Petillo
EDITORA: Belas-Letras
PÁGINAS: 127
ANO: 2016

Existem alguns tipos de mulheres que você vai encontrar na vida. Têm aquelas que te fazem enlouquecer por uma noite. Têm aquelas que vão chegar e vão te fazer esquecer to¬das as outras. Têm também aquelas que você acredita que quer passar a vida toda ao lado delas. E, ainda, aquelas que você realmente vai ter certeza que vai passar a vida toda lado a lado. E têm as mulheres in¬críveis. É sobre essas mulheres que Alexandre Petillo escreve seus textos, que viralizaram nas redes sociais, com centenas de milhares de compartilhamentos a cada nova história.




A Mulher Incrível, foi um livro que me chamou à atenção pela capa, e pelo título (a diagramação também está muito caprichada, de encher os olhos). Apesar de a sinopse informar que os textos do Alexandre Petillo viralizaram na internet, confesso que não conhecia o autor, e nunca tinha lido nenhuma de suas crônicas, sendo assim comecei a ler A Mulher Incrível bem despretensiosamente, porém acabei sendo atraída por uma leitura bem leve, envolvente e que me provocou vários sorrisos de satisfação após o término desse livro. 

O exemplar possui apenas 127 páginas, porém é repleto de textos que fala sobre nós, mulheres, sobre o que desejamos, e ansiamos, sobre nossas vontades e de como ambicionamos ser amadas, e entendidas pelo sexo oposto. A cada texto lido somos apresentados a pequenas histórias sobre como os homens podem facilmente perder uma mulher incrível, como as conheceram e também dos seus anseios para mostrar o quão apaixonados e devotados podem ser para as mulheres que amam e almejam ter ao seu lado. 
Ela é aquele tipo de mulher que pobres mortais como nós só podem sonhar. E ainda tem os olhos. Mas os olhos, todo o resto, devem ser temas de teses e elogios desde que ela veio ao mundo. Essa mulher faz qualquer homem erradicar a fome no mundo, pisar em novos planetas, escrever livros, compor sinfonias, tudo, todo o trabalho só para arrancar um sorriso dela. Eu me prendi no olhar. Quis bisbilhotar pelas janelas da sua alma.''                                                                 Capítulo 27 O Olhar Cheio de Palavras (Pág. 28)
É impossível não deixar de suspirar com as palavras dos personagens para as suas mulheres incríveis, pois, que mulher não desejaria encontrar um homem como nos textos descritos pelo Alexandre? Homens repletos de respeito, palavras carinhosas e sentimentos verdadeiros! Que estariam dispostos a nos trazer felicidade, lembranças mágicas, sorrisos bobos, e até perfeição para os nossos dias.


Enfim, o que as mulheres querem? Nossa atenção, nosso carinho. O mesmo que a gente quer das mulheres. Não é um mistério assim tão complicado. Basta um pouco de boa vontade. O que não dá pra entender mesmo nessa vida são os mistérios maiores, como o que aconteceu com Ronaldo no final da Copa de 98, porque as pessoas ouvem Gustavo Lima ou riem dos filmes de Ingrid Guimarães.''                                                                                                                       Capítulo 96 O que as mulheres quem? (Pág. 98)
Então, depois de ler A Mulher Incrível, apenas um pensamento veio em minha mente, os homens precisam ler esse livro! E quem sabe assim, entender um pouco mais sobre as vontades e pretensões das mulheres. Tenho certeza que os leitores irão se identificar em vários momentos com alguma história, pois o livro traz situações e sentimentos vivenciados por muitas pessoas. O autor realmente soube nos presentear com um texto bem escrito, prazeroso, e com lições valiosas que devemos levar para a vida toda. 

A MULHER INCRÍVEL foi cedido em parceria pela EDITORA BELAS-LETRAS


SOBRE O AUTOR:


Alexandre Petillo é jornalista, filósofo de boteco, crente no amor e no Corinthians. Trabalhou no Notícias Populares, revista Zero, escreveu para o Folha, Estadão, Jornal da Tarde, Playboy, Época, Superinteressante, Placar, Lance!, Extra, Brasileiros, Caros Amigos, entre outras.

8 comentários:

  1. Oi, Elidiane!
    Geralmente livros nesse estilo não me chamam atenção, mas esse foi exceção. A capa é lindona mesmo e até imagino como seja a diagramação por dentro.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oi, Elidiane!

    A Belas-Letras sempre traz livros diferentes que nos surpreendem muito! Também nunca li nada do autor, mas os quotes já me deixaram ooooh <3 quero um desses pra mim hahahah

    Adorei a resenha!

    Beijos,
    caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem? Não conhecia o autor, mas pelos quotes e pela resenha dá para perceber que ele conhece nós, mulheres, hahaha! Adorei a dica, com certeza vou ler!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Li uma resenha desse livro mais cedo e já estou querendo muito! Achei muito amorzinho as crônicas e textos do autor, além dessa capa ser realmente muito chamativa! Gostei da resenha (:
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  5. Oi Elidiane!!

    Acho que vou dar de presente para o meu irmão, mas antes vou ler rsrsrsrs A capa realmente é linda!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha Elidiane. Confesso que o livro, mesmo não fazendo muito o meu gênero, me pareceu ser bem interessante. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Elidiane,
    Adorei conhecer o livro e tenho muito interesse em conhecer mais sobre ele.
    Dica anotada.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  8. Olá, Elidiane.
    Não sei se eu leria esse livro no momento. Não sou muito fã de crônicas, mas achei bem interessante a forma como o autor abordou o assunto. Autor esse que eu nunca ouvi falar também hehe. Vou indicar para os homens leitores que conheço hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir