Rainha Vermelha, de Victoria Aveyard


           SKOOB: A Rainha Vermelha
           ORIGINAL: Red Queen
           SÉRIE: A Rainha Vermelha - Livro 1
           AUTORA: Victoria Aveyard
           EDITORA: Seguinte
           PÁGINAS: 424
           ANO: 2015




A Rainha Vermelha - O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.



Não julgue um livro pela capa.... De novo!


Não tem como gente, antes mesmo de saber o enredo já estava apaixonada por essa capa belíssima! E o melhor de tudo é que a história não fica atrás não, se você é fã de A Seleção, Jogos vorazes e até GOT, com certeza vai curtir este livro.

 Mare Barrow vive em um mundo distópico, onde a cor do sangue define toda a sua vida, vermelhos e prateados. Numa sociedade dominada pelos prateados, onde Força e Poder é tudo que importa, ter o sangue vermelho não é uma perspectiva lá muito boa, forçados a viver sob a sombra dos poderes dos prateados, os vermelhos são tratados como lixo. Mare esta prestes a ser recrutada para o exército o que significa que sua vida não irá durar muito, porém enquanto ainda resta algum tempo ela tenta ajudar sua família da única maneia que conhece, roubando coisas, o que não agrada muito seus pais.

Quando Mare é convocada ao palácio ela pensa que será condenada por seus atos, mas ao invés disso ela se torna uma criada real, o que acaba por ser algo muito melhor que lutar na guerra, mas como servir aqueles a quem ela despreza? Depois de um fatídico acidente Mare descobre que apesar de seu sangue ser vermelho ela tem poderes que ninguém consegue entender, a partir daí ela acaba se tornando uma arma a qual o rei deseja usar para lutar contra a Guarda Escarlate, um movimento rebelde que busca igualdade entre vermelhos e prateados. Porém nem tudo é o que parece e como vemos entre os prateados todos traem todos, por isso como Mare pode confiar nessas pessoas que podem matá-la a qualquer momento?


A autora soube muito bem criar uma trama envolvente, com intrigas, drama e um pouquinho de romance. Mare não é uma garota que se deixa levar pelo coração, ela é esperta e sabe que um passo em falso e já era... No começo demorei para entrar no ritmo, porém depois da chegada de Mare ao palácio a leitura se torna eletrizante, fazia muito tempo que não lia um livro que me prendesse tão rápido. Não posso falar muito mais pois corro o risco de dar spoilers, Aguardo ansiosa pelos próximos capítulos da série.

A rainha vermelha estreou em 1º lugar na lista do New York Times, e continua no ranking deste então. Os direitos para cinema foram adquiridos pela Universal, que fará o filme com roteiro de Gennifer Hutchison (Breaking Bad) e produção de Benderspink (Efeito Borboleta) e Pouya Shahbazian (Divergente).


SOBRE A AUTORA:










Cresceu em Massachusetts e frequentou a Universidade do Sul da Califórnia, em Los Angeles. Formou-se como roteirista e tenta combinar seu amor por história, explosões e heroínas fortes na sua escrita. Seus hobbies incluem a tarefa impossível de prever o que vai acontecer em As Crônicas de Gelo e Fogo, viajar e assistir a Netflix.


3 comentários:

  1. Onde eu posso ler esse livro online ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, ele esta disponível na página do Le livros.

      Boa leitura

      Excluir
  2. Livro simplesmente lindo, gostei muito pois lembrou um pouco a série A Seleção!
    Ansioso pela continuação!

    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir