Entre livros e séries - Death Comes to Pemberley


Orgulho e Preconceito é novamente tema de adaptação para TV. Só que dessa vez a série é baseada em um livro que é baseado em O&P, eu me fiz entender??? O livro em questão é Death comes to Pemberley de P.D. James, no Brasil: Morte em Pemberley publicado pela Editora Companhia das Letras.






A história acompanha Elizabeth e o Sr. Darcy que, seis anos após os fatos ocorridos no livro de Austen, vivem em Pemberley com seu filho. No momento em que organizam um baile, eles são surpreendidos por Lydia, irmã de Elizabeth, que chega com a notícia de que seu marido George Wickham foi assassinado. Uma investigação tem início levantando suspeitas e revelando segredos.

Duas pequenas observações, eu não li o livro, mas de acordo com a sinopse Lizze e Darcy tem dois filhos, nessa série eles tem apenas um. E apesar de Lydia fazer um escandalo dizendo que Wickham morreu, isso não é verdade... Quem está morto é o amigo dele, Denny. Essas observações, a segunda principalmente é importante para entender a série, eu fiquei um pouco confusa quando comecei a assistir por achar que era Wickham que havia sido morto.

A minissérie Death Comes to Pemberley estreou no dia 26/12/2013 na Inglaterra pela BBC e é dividida em três capítulos.

A história se passa seis anos após o casamento de Mr. Darcy e Elizabeth, e como diz o título, trata-se de um mistério sobre um assassinato.




Eu gostei bastante da série, é um suspense leve, com alguns segredos a serem revelados, pra mim o espírito dos personagens continua lá, mas... Confesso que não gostei da escolha dos atores para Darcy e principalmente Elizabeth.

Lydia Wickham (Jenna-Louise Coleman, de Doctor Who) e George Wickham (Matthew Goode, de Dancing on the Edge) foram uma boa escolha, consegui enxergá-los mesmo com essa nova cara.



Os Bennet tiveram uma pequena participação, mas trouxeram com eles as caracteristicas de seus personagens.



Ah! Uma surpresa legal foi o romance de Georgiana que é um amor aqui, e é disputada por Henry Alveston (James Norton) e o Coronel Fitzwilliam.


E finalmente Mr. Darcy que foi interpretado pelo ator britânico Matthew Rhys (39 anos), e é mais conhecido pelo seu papel como Kevin Walker na série americana Brothers & Sisters. Já a Anna Maxwell Martin, que viveu Cassandra Austen em Amor & Inocência, interpreta Elizabeth.

Ele simplesmente não é Darcy, por mais que eu me esforçasse eu não conseguia enxergar o nosso querido Darcy nele...  E como se não pudesse ficar pior, colocam a Anna para interpretar Lizze, nada contra a atriz, mas nada nela lembra Elizabeth, ela tem uma aparência frágil e ficou muito velha e cansada nesse papel... Não dá para ver Elizabeth nela...


Enfim... Mas, eu gostei de ver a maneira como eles se tratavam... O amor retratado no pós casamento, foi fofo, e fez meu coração vibrar.



E não posso deixar de citar a fotografia da série, e o figurino, como sempre impecáveis, característica própria da BBC, que sabe sempre fazer belíssimas adaptações, de encher os olhos. Uma curiosidade é que Chatsworth House, a mansão que serviu de cenário para Pemberley no filme Orgulho e Preconceito de 2005 fui utilizada novamente.


MELHOR QUOTE:



TRAILER:





SOBRE O LIVRO:



O ano é 1803. Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy já estão casados, tiveram dois filhos e sua felicidade na imponente propriedade rural de Pemberley parece inabalável. Mas a paz do lugar é ameaçada quando, na noite da véspera do baile anual de Pemberley, Lydia, uma das irmãs Bennet, chega à mansão gritando que o marido, George Wickham, foi assassinado na floresta. Com este ponto de partida, P.D. James retoma o universo do clássico Orgulho e preconceito, de Jane Austen, numa trama de assassinato em que nada é o que parece.
Sobre este romance, a autora disse que uniu suas duas maiores paixões literárias: as histórias de detetive e a obra de Jane Austen. Fãs de Orgulho e preconceito vão encontrar uma diversão adicional ao reconhecer referências e conhecer o destino de alguns de seus personagens favoritos. Se o romance original trata do casamento, Morte em Pemberley, mais do que uma digna homenagem, faz justiça às melhores histórias de assassinato.
Morte em Pemberley segue a tradição dos grandes romances de mistério sobre a aristocracia inglesa. P.D. James, criadora do detetive Adam Dalgliesh, estrela da maioria dos seus livros, combina seu vasto conhecimento da obra de Austen a um suspense eletrizante, em que nem o grande casal da literatura inglesa está acima de qualquer suspeita.

A AUTORA:






Phyllis Dorothy James White nasceu em Oxford, Inglaterra, em 1920. Durante a Segunda Guerra trabalhou na Cruz Vermelha e, em 1949 no Serviço de Segurança Britânico. Em 1968, entrou para o Departamento de Polícia do Ministério do Interior. Estreou na literatura aos 42 anos, tornando-se uma das maiores escritoras de romances policiais da atualidade.

17 comentários:

  1. Oi linda, tudo bem?
    Vim visitar aqui, adorei e já estou seguindo!
    Me visita, se gostar me segue lá :)

    Beijinhos
    http://faabysomacal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu to dividida, fiquei super curiosa pra conferir a série, ver a os personagens depois de tudo o que acontece em Orgulho e Preconceito, mas ver Elizabeth e Sr. Darcy com rostos diferentes dos que eu já tenho na minha mente, que são os do filme, me fizeram querer ignorar o meu interesse na série. hahaha. Sabe quando de cara rola aquela implicância? É isso! rs.

    Beijos, Fer.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo perfeitamente Fê, mas eu daria uma chance se eu fosse você.
      Bjs

      Excluir
  3. Olá,
    Não ando vendo seriado nenhum no momento e não tenho muito interesse nos de época. A verdade é que realmente não me interessei pelo seriado.
    Beijos.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena.. Acredito que quando você começar a assistir os históricos vai se apaixonar.
      Bjs

      Excluir
  4. Essa série parece maravilhosa. Vou querer assistir, com certeza.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de janeiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procura na net, e assistam, é realmente muito legal.

      Excluir
  5. É.. Realmente, essa mudança de detalhes do livro pra série se torna muito importante no sentido de qual rumo a história vai acabar levando. E com certeza, esse ator aí nem de longe é o Mr. Darcy UHAUHAUH Mas se conseguiu atender com as expectativas, então tá ótimo né :D

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br
    Tem post novo sobre séries no blog, vem ver!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol... se vc n gostar do enrendo ou atores em si, vai gostar ao menos da fotografia, é linda *-*
      Bjs

      Excluir
  6. Nossa, minha irmã tinha me falado dessa série há um tempinho.... e não é que tinha me esquecido dela? Puxa, quero muito ver. Vou fazer isso esse fim de semana! Ótima dica!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Su... pelo que conheço dos seus gostos vc vai adorar... Assista!!! Bjs

      Excluir
  7. Oie Amanda
    conheci o livro em um blog, e sempre quis ler. Não conhecia a série, mas acho que vou ver mesmo sem ter lido. Também não enxergo o Mr. Darcy nesse ator, mas acho que gostaria de assistir.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jac dá uma chance... o romance entre eles é fofo, apesar de tbm n ter aprovado os atores. Fora que é da BBC, então vale a pena.
      Bjs

      Excluir
  8. Parece muito legal, nunca tinha ouvido falar.
    Tudo que envolve Orgulho e Preconceito ganha o nosso coração, né?
    Estou querendo já tanto ler quanto assistir.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é envolveu O&P to querendo assistir tbm.
      Bjs

      Excluir
  9. Olá.
    Interessante a premissa da série. Mesmo não tendo lido a obra escrita por Austin e nem essa "continuação", acho que vale a pena, visto que é uma série bem curtinha. Uma pena que os atores escolhidos não encaixam direito com as personagens.
    Beijinhos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir