Jogos do Prazer, de Madeline Hunter


          SKOOB: Jogos do Prazer
           ORIGINAL: Secrets of Surrender
           AUTORA: Madeline Hunter
           EDITORA: Arqueiro
           PÁGINAS: 239
           ANO: 2014





A bela Roselyn Longworth já aceitou seu destino. Depois que o irmão fraudou o banco em que era sócio e fugiu do país levando o dinheiro dos clientes, suas finanças ficaram arruinadas, assim como suas chances de conseguir um bom casamento. Por isso foi fácil acreditar nas falsas promessas de amor de um visconde. Mas a desilusão não demorou a chegar: quando Rose não se sujeitou a seus caprichos na cama, o nobre se vingou leiloando-a durante uma festa em sua mansão. Ela acredita que o destino lhe reserva um fim trágico. Ainda mais ao ser arrematada por Kyle Bradwell, um homem que venceu na vida pelo próprio esforço, mas não é bem-vindo nos círculos mais exclusivos. Mas a jovem é surpreendida pela atitude dele, que a trata com um respeito e uma gentileza que ela não recebia desde antes do escândalo envolvendo o irmão. Quando Rose finalmente descobre o que está por trás do comportamento de Kyle, é tarde demais: já foi fisgada pelo homem que conhece seus segredos mais íntimos.


 Esse é o terceiro livro da série Os Hathwells que leio, quando terminei de ler o segundo da série, Lições do Desejo, pensei que finalmente no terceiro livro iria conhecer o enigmático marquês de Easterbrook, já que os dois primeiros livros foram sobre os irmãos dele, porém quando li a sinopse e comecei a leitura de Jogos do Prazer me deparei com a história de Roselyn, prima de Alexia, que foi a protagonista do primeiro livro.

 Rose é a irmã de Timothy, para quem não leu os livros anteriores Tim foi quem deu um golpe no banco da família e deixou a todos na falência, o mesmo fugiu para o exterior e deixou Rose e a irmã Irene sem nenhum centavo e dependendo de favores da prima Alexia. O que Rose possui é apenas a casa da família onde reside sozinha já que Irene se mudou para a casa de Alexia, onde pretende ser apresentada a sociedade.

 Mas vamos lá, a história começa quando Rose está em uma festa dada pelo conde de Kenhstwon, sozinha, e sem saber que rumo tomar em sua vida, ela decide aceitar os galanteios do conde, mas as coisas complicam quando ela percebe que tudo não passou de ilusão e que o conde na verdade não quer nada sério com ela, e é em  uma dessas festas em que ele decide de uma hora para outra leiloa-la como se ela fosse um objeto qualquer! Para sorte de Rose, um cavalheiro que estava presente na festa, chamado Kyle Bradwell, decide pagar o preço imposto pelo conde, para poupá-la de tal constrangimento.

 Após esse episódio lastimável, os dois começam a se conhecer melhor, devido a uma proposta do marques de Easterbrook que decide propor a Kyle que se case com Rose, oferecendo a ele uma boa quantia e uma boa posição social. Kyle é filho de mineiros e venceu nos negócios através de muito estudo e esforço, por isso que em nenhum momento o dinheiro do marquês lhe chama à atenção, mas sim a beleza de Rose, e com o passar do tempo a sua personalidade o atraí cada vez mais. Mas será que Rose está pronta para um relacionamento depois desse terrível escandá-lo? E Kyle está preparado para aceitar uma esposa que possui um irmão que o prejudicou bastante no passado? E sem contar terrível conde de Kenhstwon que desejam vê-los separados?



 A narrativa da Madeline continua como sempre, inteligente e repleta de diálogos interessantes, porém continua sendo aquela leitura que sinto que falta algo, mais emoção talvez? Os personagens da autora são bem reais, não são aqueles romances melosos, repletos de amor em todas as páginas, aqui a autora desenvolve o sentimento dos personagens, o que pode deixar o leitor que gosta de romances açucarados um pouco decepcionado, porém são histórias gostosas de ler, ainda espero um livro da autora que me faça favoritar, e aguçar a minha curiosidade, daqueles que nos deixam ofegantes.

 Para os  fãs da escrita da Madeline Hunter, Jogos do Prazer irá ser uma leitura agradável, e com cenas bem quentes e ousadas, mais uma vez a autora não deixa de surpreender e abusar da criatividade nesse quesito, um romance de construção com personagens bem desenvolvidos, apesar do enredo não ser tão surpreendente, todavia vale à pena, é mais um livro da autora que leio, e mais livros dela vou querer ler em breve, a Madeline é sempre sinônimo de livros bem escritos.


JOGOS DO PRAZER foi cedido em parceria com a EDITORA ARQUEIRO


OUTROS LIVROS DA SÉRIE OS ROTHWELLS:

3. Jogos do Prazer 


SOBRE A AUTORA:



Madeline Hunter é ph.D. em história da arte e professora da Universidade East Coast. Seus livros chegaram às listas de mais vendidos do The New York Times, do USA Today e da revista Publishers Weekly. Vencdora do prêmio RITA por duas vezes, também foi sua finalista outras sete. Ela mora na Pensilvânia com o marido e os dois filhos.

  

9 comentários:

  1. Tenho vontade de ler esse livro, minha mãe ama essa série. Mas sempre achei que fosse mega açucarado, sabe?

    Talvez, eu finalmente o leia. Principalmente, pelo que citou sobre os personagens, por serem reais.

    Beijos,
    Gabi - Vida de Bookaholic

    ResponderExcluir
  2. Olá, Elidiane
    Tudo bem?
    Não conhecia a série, sério... Fiquei super feliz com a dica pois parece ser super legal, e em saber que os personagens são reais, me empolguei bastante, quero ler!!
    Beijos*-*
    Território das Garotas

    ResponderExcluir
  3. Oi, Elidiane! Tudo bem? Eu ainda não li nenhum livro dessa série (aliás, não li nenhum dos romances históricos que a editora Arqueiro andou publicando - shame on me ><), mas morro de vontade! Mesmo lendo algumas resenhas reclamando que os livros da Madeline Hunter faltam algo assim como você disse, estou curiosa ao menos para conferir o primeiro livro da série, até porque, quem sou eu para negar uma leitura de um romance histórico né! haha E devo confessar que essa capa é linda demais para não ter um lugarzinho na minha estante! hehe Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu odeio esse sentimento de "falta algo no livro"! Confesso que mesmo assim, após ler sua resenha me deu vontade de iniciar a série... Acho que após ler Julia Quinn, fiquei apaixonada por esses romances que em cada volume conhecemos um personagem novo e tals... e esses livros geralmente não ousam muito mesmo na originalidade ><' Adorei a resenha!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    nossa li um dos livros da autora, mas este não li. Parece ser bem legal.
    Vou anotar a dica no skoob

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. Como assim a história não é com o terceiro irmão? Chateada agora. Estava louca para ler sobre ele. Mas enfim, está a minha lista de desejados.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Li o primeiro e amei! Estou ansiosa para ler as continuações! Adorei a escrita da autora
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a série. De fato é ruim quando o enredo não é tão surpreendente quando esperávamos, mas enfim, faz parte.

    Beijos,
    Nina & Suas Letras

    ResponderExcluir
  9. Gostei da resenha Elidiane. Quero muito ler os livros da Madeline Hunter. Essa série, especificamente, parece ser ótima. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir