O Chamado do Anjo - Guillaume Musso

LIVRO NO SKOOB: O Chamado do Anjo
TÍTULO ORIGINAL: L'appel de I'ange
AUTORA: Guillaume Musso
EDITORA: Verus
PÁGINAS: 336
ANO: 2013
MINHA AVALIAÇÃO:

Nova York, Aeroporto JFK. Na sala de embarque lotada, um homem e uma mulher se esbarram, espalhando suas coisas pelo chão. Após uma discussão banal, cada um segue seu caminho. Madeline e Jonathan nunca haviam se visto e jamais deveriam voltar a se encontrar. Porém, ao recolher seus pertences, trocaram por descuido os celulares. Quando percebem o engano, já estão a dez mil quilômetros um do outro - ela é florista em Paris, ele tem um restaurante em San Francisco. Não demora muito para ambos cederem à curiosidade, explorando o conteúdo dos respectivos aparelhos. Uma dupla indiscrição, que leva a uma revelação inesperada - suas vidas estão ligadas por um segredo que eles julgavam enterrado para sempre...

Não me pergunte o gênero desse livro, pois não saberei defini-lo. O chamado do anjo começa de um jeito, em meados do livro as coisas começam a mudar e tem um desfecho que eu fiquei me perguntando como Guillaume conseguiu terminar um livro de maneira tão diferente do início.

Esse livro não é nem de perto o que eu esperava dele, não que isso seja uma coisa ruim, pelo contrário ele é surpreendente, quem lê apenas a sinopse não sabe o que lhe espera no decorrer do livro, eu não sabia... Quando você lê a sinopse pensa que a história gira em torno de dois estranhos que por um acaso ou por força do destino se esbarram em um aeroporto lotado e sem querer trocam seus celulares, e como cada um toma um rumo totalmente diferente do outro, e só percebem a troca quando chegam ao seu destino, os dois acabam precisando entrar em contato um com o outro pra planejar uma forma de desfazer essa troca, e eu particularmente pensei que isso fosse fazer com que eles se aproximassem, e quem sabem se apaixonarem... enfim, eu esperava uma história de amor bem tradicional, mas Guillaume não podia dar ao leitor apenas isso, ele queria mais, e ele nos concedeu mais.


Madeline é uma florista que mora em Paris e Jonathan um chef de cozinha em San Francisco, vidas tão distintas que se cruzam... O chamado do anjo tem um início que daria um ótimo romance, até Madeline começar a fuçar o celular de Jonathan, e ele lhe retribuir o favor, e essa curiosidade reciproca faz com que eles conheçam um pouco mais da vida um do outro, faz com que descubram segredos um do outro, e eles vão mais além, eles investigam a vida um do outro, até que Jonathan descobre algo sobre o passado de Madeline que tem relação com o seu próprio passado. E ele parte numa busca pra descobrir toda a verdade sobre esse passado.

É ai que o livro perde um pouco o seu ritmo, apesar de querer descobrir mais sobre o acontecimento que fez parte da vida desses dois, em alguns momentos a leitura ficou um pouco arrastada, não sei se por excesso de informação – que são importantes eu confesso, ou por falta de mais diálogos, mas o que me mantinha entretida na leitura era a vontade de saber o desfecho, e confesso que valeu muito a pena esperar.

Quando o passado é quase todo desvendado e a narrativa volta efetivamente para a atualidade as coisas começam a acontecer, e o livro volta a te envolver, e eu ficava pensando que o livro tinha que ter um final feliz, mas eu não fazia a menor ideia de como o autor iria fazer isso, e quando você pensa que o passado já foi totalmente desenterrado, ele ainda consegue nos surpreender.

Dica pra leitura, preste atenção a tudo o que aparecer no decorrer da leitura, pois tem detalhes que parecem ser sem importância, mas todos eles tem um porquê. O livro é muito bem escrito, só achei que o epilogo terminou rápido demais, e ficamos sem saber o que aconteceu com algumas pessoas, restando apenas para nossa imaginação supor o que aconteceu a elas.

O livro é realmente dividido em 3 parte, a primeira fala do encontro desses dois, o segunda vai relatar o “passado” e a terceira parte claramente é o desfecho. E o mais legal é que no início dos 38 capítulos o autor tem a sutileza de colocar alguma frase de algum livro que tem relação com o capitulo em si, e ele ainda nos faz o excelentíssimo favor de colocar as referências das epigrafes no fim do livro, para o caso de você ficar curioso sobre a origem da frases, eu particularmente adorei.

O CHAMADO DO ANJO foi cedido em parceria pelo Grupo Editorial Record

SOBRE O AUTOR:


Nascido em 1974 em Antibes (Alpes Marítimos), Guillaume Musso se encantou pela literatura aos dez anos, graças à Agatha Christie. Aos 19 anos, Musso passou uma temporada nos Estados Unidos, e descobriu Nova York, cidade pela qual se apaixonou imediatamente. Para financiar a sua viagem, trabalhou como vendedor em Nova Jersey. Anos depois, retornou à França e passou a exercer o ofício de professor.



13 comentários:

  1. A história até me interessou, mas to tão cheio de livro, que nem vou pensar em colocar este na lista dos desejados rsrsrs

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  2. Legal quando funciona essa troca e diversidade de um livro, como esse, que é dividido em 3 partes e o que me pareceu é que funcionou.
    Achei bem interessante a premissa do livro, curiosidade aguçada e o dinheiro não exite pra mim esse mês. hahaha

    http://clicandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa eu amei a sua resenha, é daquele tipo que dá muita vontade de ler o livro.

    bjs
    http://www.letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie Amanda
    esse livro pegou TODO mundo desprevenido kkkkkkkkkkkkk
    eu achava que era romance, e me surpreendi com todo mistério, investigação...amei demais!!
    E adorei as epígrafes. Musso arrasou
    bjo

    ResponderExcluir
  5. Oi Amanda! Eu tinha certeza que era romance, mas gostei muito mais de saber que fica mais voltado para o mistério, eu prefiro livros que deixem minha curiosidade a mil por hora. Eu nunca li nada do autor, e quero começar por este. Amei!!

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Bem legal ser surpreendida por uma leitura empolgante assim!!

    Eu não conhecia o livro,mas ele já foi para a minha lista,fiquei muito curiosa,pois esse livro parece ser bem diferente,tem muitos detalhes e as frases no início de cada capítulo parecem dar um charme a mais a narrativa.

    resenha muito legal,me conquistou!!

    bjsss

    Bianca

    ApaixonadasporLivros

    ResponderExcluir
  7. Oii, Amanda!

    Esse livro tem uma capa bem instigante!
    A sua resenha me deixou muito curiosa, é tão bom quando um livro nos surpreende!

    Beijos, Bia

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro ainda. É a primeira resenha que leio dele e me interessei muito pelo que você falou sobre a história.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Não conhecia o livro, achei a história bem legal! Ah, e ótima resenha parabéns!
    Beijos

    pomardoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Gostei da resenha Amanda. Elidiane. Quero muito ler O Chamado do Anjo. A escrita deste autor é ótima! Beijo!

    www.newsnessa.com


    ResponderExcluir
  11. Eu já estava bem interessada neste livro só de olhar para a capa, mas agora com a sua resenha o meu interesse só aumentou sem dúvida. Adoro livros diferentes e que nos surpreendem positivamente. Tá na lista.

    Beijão, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu já estava bem interessada neste livro só de olhar para a capa, mas agora com a sua resenha o meu interesse só aumentou sem dúvida. Adoro livros diferentes e que nos surpreendem positivamente. Tá na lista.

    Beijão, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Quero tanto ler esse livro, Amanda!
    Todo mundo fala muito bem do outro livro do autor e, assim que saíram as primeiras resenhas de O Chamado do Anjo, me apaixonei completamente pelo que esse livro tem a oferecer. A sua me deixou ainda mais curiosa!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir