Azar o seu! - Carol Sabar

LIVRO NO SKOOB: Azar o seu!
AUTORA: Carol Sabar
EDITORA: Jangada
PÁGINAS: 368
ANO: 2013
MINHA AVALIAÇÃO :

Bia está parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, pensando em sua vida azarada. Sem emprego, atolada em dívidas, ela não imagina que está prestes a viver a grande coincidência da sua vida. O motorista do carro ao lado está buzinando, tentando se comunicar com ela, como se fosse um velho conhecido... E ele é! Mas Bia não o reconhece. E como poderia? Ele é um homem, não mais o garoto de dez anos atrás. Está mais encorpado, cortou o cabelo, livrou-se do aparelho nos dentes e das espinhas do rosto, está tão diferente, tão lindo... O motorista sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um violento tiroteio e eles têm que se jogar lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido deitado ao seu lado possa levar um recado a Guga, seu amor da adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração de amor! Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia... Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade. Bia, fascinada por ele e feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga... Azar o seu! vai além de uma comédia romântica. É uma reflexão sobre a importância da amizade verdadeira, do perdão e do autoconhecimento, que nos resgata o poder de decidir sem medo e de reverter escolhas que nos impedem de ser feliz.

Um chick-lit delicioso, com todos os ingredientes que um romance fofo deve ter, uma mocinha super apaixonada, mas cheia de dúvidas e um mocinho muito confiante disposto a fazer de tudo pra que essa mocinha acredite no amor. Uma sinopse atrativa e uma capa que é uma graça, seguindo o estilo do livro anterior da Carol Sabar (que eu ainda não li... eu sei, eu sei, eu preciso ler) “Como quase namorei Robert Pattinson”. O livro foi tudo o que eu esperava, me deliciei.

Bia sempre foi apaixonada pelo Guga, o irmão mais velho da sua melhor amiga, eles se conhecem desde que ela era pequena. Raíssa, Guga e Bia eram um trio inseparável, faziam tudo juntos e até criaram uma banda com o Guga no vocal e violão e a Bia no teclado, já Raíssa não levava muito jeito para música. Quanto mais o tempo passava, mais Bia se via apaixonada por Guga e o seu amor por ele ficou ainda mais concreto no dia que ele lhe deu o seu primeiro beijo (ou quase primeiro) no aniversário de 15 anos da Raíssa, a Bia não conseguiu resistir aquele beijo com gosto de céu. Guga tinha então 17 anos, e quinze dias após esse beijo ele foi aprovado em uma renomada faculdade de música em Londres e foi correr atrás do seu sonho e nunca mandou um postal para a Bia, uma carta, ou deu uma ligada. Tudo o que Bia sabia sobre ele era através de noticias que a Raíssa lhe contava. Porém a Bia e a Raíssa tiveram uma briga feia e passaram a não se falar, e Bia ficou sem saber mais nenhuma notícia do seu grande amor.

Dez anos depois da viagem do Guga, Bia está em um engarrafamento pensando no rumo que a sua vida tomou, foi demitida por justa causa (ou melhor, injusta causa) de um emprego que não gostava, tem um monte de dívidas, voltou a morar com o seu pai e o ajuda na sua floricultura e não tem nenhuma perspectiva de melhora para a sua vida, quando de repente ela olha pro lado e vê um cara muito gato no carro ao lado que é nada mais nada menos do que o Guga!!! Detalhe, a Bia não o reconheceu. E durante uma experiência de quase morte ela conta praticamente toda a sua vida para esse “estranho” incluindo as partes em que ela é apaixonada por um tal de Guga... Só a Bia mesmo...


Num primeiro momento o Guga não confessa a verdade para a Bia, mas vai fazer de tudo o que estiver ao seu alcance para que ela se lembre dele, e não só isso, mas que eles foram feitos um pro outro e devem sim ficar juntos e não se separar nunca mais. Porém não vai ser fácil para a Bia perdoar o Guga pelos dez anos que ele não mandou notícias. Mas ele vai contar com vários aliados que torcem por essa união.

- Ele foi embora? – perguntei, içando-me da cama num único impulso, o cobertor embolado nas mãos.
Papai se sentou. Estava mais calmo. Calmo demais, se quer a minha opinião.
- Ele foi embora, pai?
- Foi.
- Você o expulsou? Disse que não era bem-vindo na nossa casa?
E foi bem ai que vi meu pai encolher os ombros:
- Ah! Bia... Ele é tão legal!
Hã?
- Você devia dar uma chance a ele! – continuou. – O Gustavo está muito arrependido. Disse que vai descobrir quais são as coisas e as cores para te prender. Isso é Herbert Vianna, não é?
- Isso é um pesadelo!

E o Guga vai fazer de tudo para (re)conquistar a Bia menos desistir, ele faz coisas exageradamente fofas, porém às vezes ele troca os pés pelas mãos, principalmente com o que fala e a sua atitude acaba tendo o efeito contrario e ao invés de agradar a Bia ele acaba deixando ela mais irritada, que no fundo, no fundo é o que ele mais gosta de fazer, irritar a sua Bronquinha. 

- Só esta faltando... – eu me contorci –... fechar o zíper.
- Pode para! – disse ele. – Esse trabalho é meu! Melhor que isso só abrir o zíper.
- Coisa que você não vai fazer tão cedo.
- Tão cedo? – ele ficou animado. – Há salvação para mim!
- Cala a boca... – murmurei, encabulada.

O livro é muito gostoso de ler, me apaixonei pelo Guga apesar de tudo, principalmente porque ele é músico (tenho uma quedinha por músicos) confesso que eu não teria resistido aos seus encantos por tanto tempo quanto Bia, e essa resistência dela às vezes irritava, os motivos dela às vezes não pareciam muito sólidos, apesar de que já no finzinho eu fui conhecer um pouco melhor dos motivos dela. Mas num geral o livro é muito bom, narrado em primeira pessoa a narrativa te prende do início ao fim, o primeiro capítulo já é bem engraçado e o livro já mostra pra que veio. Se você quer se divertir com um bom romance trate logo de ler "Azar o seu!", a Carol Sabar já me conquistou.


AZAR O SEU! foi cedido em parceria pelo GRUPO EDITORIAL PENSAMENTO - SELO JANGADA

BOOK TRAILER:




SOBRE A AUTORA:





Carol Sabar nasceu em 1984, em Juiz de Fora, Minas Gerais. Formou-se em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Juiz de Fora e trabalha na fábrica de meias da sua família.
Carol é viciada em literatura desde a infância. Lê de tudo e tudo mesmo. Mas tem uma queda maior por literatura jovem-adulto, onde se encontrou como escritora. Para ela, escrever é viver muitas vidas, experiências que jamais sonharia em ter. Quando escreve, mergulha de corpo e alma na criação das personagens, que acabam ganhando autonomia e soprando palavras em seus ouvidos, dia e noite, sem parar.
Foi voltando do trabalho, parada no trânsito engarrafado, que Carol teve a primeira ideia para seu romance de estreia Como (quase) namorei Robert Pattinson: a imagem do ator de Hollywood passando óleo bronzeador nas pernas de uma fã. Ficou rindo sozinha até chegar em casa, e, imediatamente, começou a escrever. 
Acesse o site da autora: www.carolsabar.com.br



17 comentários:

  1. Também adorei. Como você, teria aceitado o Guga mais facilmente, mas entendo os motivos dela.
    Gostei da narrativa da Carol. Ri muito e adorei as referências musicais.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Amanda! Estou ansiosa para ler Azar o Seu! Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Amei amei a resenha , ela me conquistou totalmente hahaha , estou louca para ler (:

    Adorei mais ainda saber que autora é mineirinha hahha

    beijos , Anna!

    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ai quero muito ler Azar o Seu! Já li o outro livro da Carol e adorei o jeito dela de escrever *-*
    A história do livro parece ser bem divertida.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  5. Cara, esse livro deve ser muito bom e engraçado, não é muito o tipo de literatura que amo, mas gosto, então dá pra levar.


    Beijinhos meninas.


    Clicando Livros

    *-*

    ResponderExcluir
  6. Vai ser o primeiro livro da autora que leio e estou bem ansiosa, pelo visto é uma leitura bem agradável. Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia esse livro
    Mas amei a resenha, parece ser muito bom

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Não gosto muito de Chick-Lit mas confesso que morro de vontade de ler esse...

    Adorei a resenha, o livro parece ser bem divertido!


    Estandy Books - A Estante da Andy

    ResponderExcluir
  9. Oi Amanda eu preciso ler os livros da Carol Sabar, todo mundo fala super bem deles e a história desse parece ser uma delicinha. Adoro um bom chick-lit e esse parece se adequar bem nessa categoria.
    Ótima resenha e ótima dica.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  10. Oiii, Amanda!
    Nossa que resenha! Esse livro tem uma capa tão fofa! E a história parece ser mais fofa ainda, amo chick lit, esse com certeza vai entrar para a lista dos livros que preciso comprar urgentemente! <3
    Beijos, Bia!

    ResponderExcluir
  11. A capa é realmente linda. Tanto azar é seu quanto o outro livro da autora Como quase namorei ... ansioso para ler os dois ^^

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  12. Que legal, parece ótimo! Adorei a resenha.
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  13. Deve ser bom mesmo! *-*

    http://senhoritapriscila.blogspot.com
    Curti a fan page? (www)
    @priscilafrr,
    beijo.

    ResponderExcluir
  14. Oie Amanda

    já li um livro da Carol, e me apaixonei pela escrita dela, que é muito divertida.
    Estou com esse livro aqui, e quero ler logo.
    Adorei a resenha
    bjo

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Estou passando para conhecer seu cantinho
    e convido você a conhecer o meu também!
    www.byhoradoblush.blogspot.com
    BJS

    ResponderExcluir
  16. ahhh! Quero ler esse livro.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. ah estou louca para ler esse livro, parece ser uma leitura tão divertida.. Ainda mais sendo de uma autora brasileira *--*

    beijos
    http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir