Sangue Quente - Isaac Marion

LIVRO NO SKOOB: Sangue Quente
AUTOR: Isasc Marion
EDITORA: Leya
PÁGINAS: 252
ANO: 2011
MINHA AVALIAÇÃO:




Em algum momento da história, os zumbis apareceram e agora o mundo está destruído. Os humanos normais fugiram para dentro dos enormes estádios de futebol e lá criaram suas pequenas comunidades. Mas nossa história é contada do ponto de vista de R, um zumbi que se arrasta como os outros, caça como os outros, come carne e cérebros (a mais fina iguaria) como os outros, mas que, às vezes, tem sonhos de como era ser humano, tenta se lembrar de sua vida anterior e filosofa sobre isso. Um dia, em uma caçada, R encontra Julie e, no meio da carnificina que seu grupo impõe ao dela, algo o impede de matá-la. Mas o que aconteceu? Será que ela é diferente? É possível haver atração entre humanos e zumbis? Serão eles Romeu e Julieta de um mundo pós-apocalíptico? Isaac Marion mergulha fundo no mundo dos zumbis e os leva a um novo patamar, respondendo a essas e outras perguntas que assolam os fãs, como, por exemplo, por que os zumbis comem o cérebros das pessoas, será que eles pensam ou só se arrastam e babam e o que acontece com seu corpo depois de anos de degeneração.

 Sangue Quente era um livro que já estava na minha lista de desejados há um bom tempo, assim que li a sinopse fiquei bastante curiosa, afinal, ainda não tinha lido nada sobre zumbis e a história realmente me chamou à atenção. Um zumbi que quer se relacionar com os humanos, é possível? E que se sente como eles? Era um livro que eu tinha que ler, e foi isso que fiz.

 Na história conhecemos R, um zumbi bem diferente dos zumbis tradicionais que estamos acostumados de ver nos filmes e seriados. R (é assim que ele é chamado, pois igual aos seus amigos zumbis ele  não lembra de nada da sua vida anterior e nenhum deles sabem ler) mora em um aeroporto abandonado com os outros da sua espécie, porém ele é o único que consegue pensar coerentemente e dizer algumas palavras.

 A vida de R é bastante sem graça, ele passa a maioria do tempo sem fazer nada de interessante. R também sai para caçar com os outros zumbis, e seu amigo M, todos vão à procura de humanos para se alimentar e, em umas dessas caçadas que ele conhece Julie, uma garota que ele não consegue matar, ele decide então levá-la para o aeroporto. A partir daí a vida/morte de R muda completamente, pois não será nada fácil manter Julie longe dos outros zumbis que sentem o cheiro de carne viva de longe... sem contar que ele começa a se apegar cada vez mais a garota. Mas então como vai ser quando ela descobrir que foi R quem comeu o cérebro do namorado dela?
Quero fazer algo impossível. Algo surpreendente e nunca visto antes. Quero tirar a poeira da Nave Espacial e levar Julie para a Lua, colonizar o lugar, ou navegar em um navio afundado até  uma ilha distante onde ninguém reclamaria da gente, ou então apenas aproveitar a magia que me leva para dentro do cérebro dos Vivos e trazer Julie para o meu, porque é acolhedor aqui, é silencioso e adorável, e aqui dentro não somos uma justaposição absurda, somos apenas perfeitos.                                                           R, Pág. 81


 R, fará de tudo para manter Julie segura, mesmo que para isso tenha que enfrentar os Ossudos (zumbis chefes) e até mesmo o pai dela o General Grigio que não admitirá um zumbi perto de sua filha. E ainda têm as mudanças que estão ocorrendo com os zumbis, será que foi devido ao relacionamento de Julie e R? Um zumbi é capaz de ter uma ''vida'' normal entre os vivos? Será que essa praga de mortos-vivos que devastou toda a humanidade, fazendo as pessoas se isolarem em grandes estádios, realmente terá um fim?

O livro é narrado em primeira pessoa, pelo ponto de vista de R, isso mesmo um zumbi! A leitura é envolvente, engraçada, e bem distinta, já que R não consegue falar muito, porém ele expressa os seus pensamentos muito bem. R é um zumbi muito fofo, apesar da pele cinza, e o cheiro um pouco ruim, não tem como não se apaixonar por ele, isso eu posso garantir! Destaque também para Perry, o ex-namorado de Julie, ele vai atormentar bastante a mente de R, tem momentos do livro que os dois parecem até ser uma só pessoa. Ah, outra coisa interessante no livro é o começo dos capítulos que sempre aborda a imagem de alguma parte do corpo humano, ficou bem interessante.

 Isaac Marion conseguiu escrever uma história sobre zumbis bem diferente e instigante. Sangue Quente é um livro gostoso de ler (tirando as partes nojentas do livro, como sangue, e corpos decapitados), o personagem principal é cativante e adorável. Porém senti que faltou algo para dar ao livro 5 estrelas, algumas coisas não me convenceram muito, mas nada que tire o encanto do livro. Minha curiosidade agora é para ver a adaptação do livro para as telonas, que estreou agora em Fevereiro!


SANGUE QUENTE foi cedido em parceria pela EDITORA LEYA



SOBRE O AUTOR:




Isaac Marion nasceu no noroeste de Washington, em 1981, e morou a vida inteira nos arredores de Seattle, onde trabalhou como instalador de dutos de aquecimento, segurança de estações de energia e em empregos estranhos, como entregador de leitos de morte para pacientes de hospício e supervisor de visitas de pais em orfanatos. Ele não é casado, não tem filhos, não fez faculdade e nem ganhou prêmios. Sangue Quente é o seu primeiro romance e foi vendido para diversos países. 


10 comentários:

  1. Oi Eli, este livro está na minha cabeceira para ser uma das minhas próximas leituras ;D Eu tenho o livro desde que foi lançado (mais ou menos), mas não consegui ler ainda ;~
    Espero gostar da história também, apesar de ela parecer bobinha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Caraca, não sei o que pensar desse livro. Tem gente que gosta demais, mas tem gente que odeia, diz que é muito ruim. O jeito é eu ler UAHSUHAUSH

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    http://myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eita, todo mundo se apaixonando pelo zumbi lindo - isso é muito contraditório. kkkk
    Super curiosa, adorei a resenha flor!
    Beijos *-*
    clicandolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi meninas lindas.
    Nossa eu preciso tanto ler esse livro, quero fazer isso pra poder assistir ao filme sem a consciência pesar rsrsrs.
    Eu nunca li nada de zumbi, sou um pouco medrosa pra isso, mas pelo que notei na resenha não é uma história que dá medo.
    Resenha muito bem colocada.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  5. Acho a ideia esquisita, mas tenho vontade de ler. e acredito que vou achar engraçado.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
  6. Eu fiquei com vontade de ler o livro após o lançamento do filme, e confesso que não imaginei um zumbi fofo. Isso eu preciso conferir. Bjos!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Elidiane, eu até tentei ler esse livro mas um zumbi se apaixonar por uma humana não entra na minha cabeça mesmo. Larguei nas primeiras páginas mas o abandono não é definitivo.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  8. Não tive oportunidade de ler esse livro
    Mas assisti o filme e gostei bastante

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Acabei de comprar esse livro à uma semana *-* estou bastante curiosa pra ler
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt (Blog Amigo)

    ResponderExcluir
  10. Como vcs conseguem das livrrro só doita pra ter ele já assisti o filme muito bom n vi reclamações ate akela mulher q fez o crepúsculo simplesmente amou

    ResponderExcluir