Luxúria - Eve Berlin

LIVRO NO SKOOB: Luxúria
TÍTULO ORIGINAL: Pleasure's Edge
AUTORA: Eve Berlin
SÉRIE: Trilogia Luxúria
EDITORA:  Lua de Papel
PÁGINAS: 256
ANO: 2012
MINHA AVALIAÇÃO:

Quando achava que era hora de parar... Ela então pediu por mais... 

Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto - e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade - é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita - uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida. Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles.

Um romance bem sensual.

O lançamento de Luxúria aqui no Brasil é resultado dessa nova onda de erotismo que invadiu o universo literário, onda essa trazida por causa do sucesso da trilogia Cinqüenta tons de cinza. Que se gosto ou não dessa temática, essa é a nova modinha do momento. Confesso que esse livro me chamou atenção pela capa, que eu particularmente acho linda, ainda mais porque parece capa de romance histórico, que eu adoro. Apesar de a capa não ter nada a ver com a história, e esse não ser um romance histórico. Só uma observação que eu faço é sobre a diagramação, não só desse livro, mas de todos os outros do mesmo tema. Que eu tenha visto, tirando o livro “Um olhar de amor” (de Bella Andre – Ed. Novo Conceito), todos os outros romances sensuais do momento tem uma diagramação parecida, feitos em escala de cinza e com alguma peça de roupa ou acessório na capa, sempre! Já notaram isso?

Mas enfim, comentários a parte vamos a história.


Em Luxúria nos conhecemos Dylan Ivory, uma escritora de romances eróticos que vendo como 50 tons está fazendo sucesso resolve escrever um romance sobre um casal que explora o sadomasoquismo (brincadeira gente, não é por causa disso), a Dylan simplesmente resolve explorar essa temática de relação BDSM no seu novo livro. Durante a pesquisa ela conhece Jennifer, uma submissa, e após entrevistá-la ela deseja conhecer também o outro lado, o do dominador, e é assim que ela vai conhecer Alec Walker.

Ela marca uma entrevista com ele, que também é escritor, só que de livros de suspense, e assim que ela o ver, antes mesmo dos olhares se cruzarem, ela já se sente atraída por ele (como assim, já?! Pois é, em luxúria é tudo meio rápido). Alec é um dominador nato, e apesar de Dylan ser uma mulher bem resolvida, ele assume o controle da conversa e lhe faz uma proposta.

- Dylan, deixe-me fazer uma proposta a você. Submeta-se a mim.Ela tentou desvencilhar a mão, mas ela a segurou firme.Seu olhar estava mergulhado no dela, incrivelmente convincente, de um azul cintilante.- Tente -, ele continuou. – Sinta sua reação. Se lhe parecer que estou certo, você terá aprendido algo a seu respeito e conseguirá uma pesquisa bastante pessoal e exclusiva para seu livro. E, se eu estiver errado, bem... mesmo assim terá feito alguma investigação.

É ai quando tudo começa. Ambos são controladores, tem um passado que influenciou como eles levam a vida adulta, não são do tipo que se apaixonam, e se acham adultos suficientes para levarem uma relação desse tipo adiante sem nenhum prejuízo para nenhum dos dois.

- Primeiro, você vai lutar. Terei de trabalhar muito. Conquistar sua confiança. – A voz dele era baixa, um grave murmúrio. Ela era obrigada a se inclinar para frente na tentativa de ouvi-lo. – Mas pouco a pouco vai se voltar para mim. Ficará em minhas mãos. Serei duro com você. E gentil.

E no inicio ambos tentam negar para si mesmo o que sentem, que existe alguma coisa diferente nessa relação. Quando não dá mais para negar, eles resolvem não pensar no assunto, e só deixar rolar. Só que quanto mais o tempo passa mais difícil fica para os dois ficarem longe um do outro. E todo esse conflito interno é rodeado de muita sensualidade, com direito a cenas bem detalhadas, e aqui a relação BDSM não é retratada como algo ruim (como me pareceu em 50 tons).

Luxúria tem romance, e tem erotismo, portanto é um livro para maiores de 18 anos. Foi uma leitura que fluiu bem, apesar de tudo ter acontecido bem rápido, e por isso não houve momento onde a leitura se arrastou. Mas o livro não chegou a me prender totalmente, apenas despertou meu interesse de terminá-lo. Algumas cenas da relação de sadomasoquismo não me convenceram, pareceram um tanto forçadas. Se você é fã de romance erótico, Luxúria é uma boa pedida.



Este livro é uma cortesia da Editora LEYA - LUA DE PAPEL

BOOK TRAILER:


SOBRE A AUTORA:

Eden Bradley aka Eve Berlin escreve erótica e erótico romance para Bantam / Delta, Harlequin Spice, Calor Berkley, e Publicação Samhain. Vários de seus livros têm sido Romantic Times Top Picks, e seu fruto proibido romance, foi perfilado na revista Cosmopolitan Red Hot lê. Em 2010 ela lançou seu pseudônimo novo, véspera de Berlim, exclusivamente para Calor Berkley, com a estréia de seu romance erótico , EDGE prazer é, vencedor do Prêmio Medallion 2010 Holt! Todos classificações seu livro em Goodreads refletir seus livros favoritos, daqueles que ela amava aos detentores ao longo da vida.


15 comentários:

  1. Adoro suas resenhas e essa não foi diferente, é sempre bom saber do que se trata os lançamentos pq se alguem me perguntar sei dá uma opinião. Confesso que essa onda de romances eróticos ainda não me pegou, mas creio que não posso dizer que nunca vou ler, mas por enquanto tenho outras prioridades.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. A primeira vez que vi a capa pensei ser um romance histórico e até tinha gostado da capa, aí depois fui ver do que se tratava. Não tenho vontade de ler, e mesmo se tivesse, não poderia.

    Beijos,
    Mandi - Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  3. Oie Amanda
    dois controladores? hum, no mínimo isso deve render uma história bastante interessante. Gostei de saber que tem romance. Será uma das minhas próximas leituras.
    bjos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Oi.
    Me enganou completamente essa capa, haha. Achei mesmo que era um romance histórico, ou coisa do tipo.

    Beijos,
    Emily Swan
    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Acho que esse livro se aproveitou do sucesso de CTDC e não me convence. Não éo tipo de livro que eu goste de ler e acho tudo muito forçado.

    Beijão

    Lu Tazinazzo
    www.aceitaumleite.com

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não me senti atraída pelo livro justamente por ele ter sido lançado numa modinha de erotismo, na mesma época de Cinquenta Tons de Cinza.
    Tem meme pra você lá no blog: http://www.leiturasdapaty.com.br/2012/10/meme-livros-assustadores_28.html

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Sabe quando você quer ler todos os livros de uma vez? então, tenho que ler muuuitos e ainda quero ler mais haha
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Nossa, saimos da modinha de vampiros e entramos para o erotismo! Pela resenha, me pareceu realmente que tudo acontece bem rapidamente no livro e isso já me desagradou. Gosto de coisas que acontecem naturalmente, nem rápido demais e nem devagar quase parando. Acho que não gostaria desse livro não.

    Beijos
    www.carolinecuri.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Tudo bem esse negócio de livros calientes, mas poxa, começou a vulgarizar. Eu adoro romances picantes, mas essa modinha não tem me animado tanto, apenas uns poucos livros que me deixam curiosa :(
    Acho que tem que ser muito bem selecionado aquilo que se pretende ler, aposto que a maioria vai ser como você citou, de não prender tanto.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Só com o titulo do livro a gente já imagina
    E o trailer ainda vem ajudando rs rs
    Mas o livro parece ser bastante interessante

    Beijos
    @pocketlibro
    http://www.pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ainda não sei se gosto dessa nova onda de romances eróticos, pois ainda não tive oportunidade de ler algum. Cinquenta Tons de Cinza e Um Olhar de Amor já me aguardam na estante, e pretendo lê-los em breve. Espero não me decepcionar.
    Mas, sei lá, ando meio desanimada com esses lançamentos do gênero: todos parecem ter histórias iguais. :X
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  12. concordo que todos parecem ter histórias iguais,mas Cinquenta Tons é muito bom

    ResponderExcluir
  13. Oii Amanda,

    Acho que só eu ainda não estou na onda de livros eróticos. Ainda não tive vontade.
    Estou com um olhar de amor na estante e logo vou ler.

    Gostei bastante de sua resenha.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  14. Estou doida pra ler esse livro. No momento o meu livro de cabeceira é justamente o "50 Tons de Cinza" que estou gostando muito e me divertindo muito com a protagonista atrapalhada... rsrs Mas já fiquei sabendo por amigas que o "Luxúria" é muuuuuuuuuuuito bom! ;)
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  15. Todas as opiniões que eu li sobre este livro remetem à mesma coisa: que o romance flui rápido demais.

    eu ainda gosto de romances onde as coisas vão acontecendo naturalmente, com seu devido tempo e depois esquentando. Por isso, não compraria este livro, mas caso conseguisse em uma promoção ou emprestado, daria uma lida para ver se estou de acordo com TODOS! rs

    Beijos

    Gláucia
    eassimestaescrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir