Alice no País das Maravilhas - Lewis Carroll

LIVRO NO SKOOB: Alice no País das Maravilhas
TÍTULO ORIGINAL: Alice in Wonderland
AUTOR: Lewis Carroll
EDITORA: Martin Claret
PÁGINAS: 145
ANO: 2012
MINHA AVALIAÇÃO: 
''Alice's Adventures in Wonderland'' (frequentemente abreviado para ''Alice in Wonderland'') é a obra mais cohecida de Lewis Carroll (1832-1898), sendo considerada obra clássica da literatura inglesa. O livro conta a história de uma menina chamada Alice que cai em uma toca de coelho e vai parar num lugar fantástico povoado por criaturas peculiares e antropomórficas. O livro faz brincadeiras e enigmas lógicos, o que contribui para a sua popularidade. Carroll também faz alusões a poemas da era vitoriada e a alguns de seus conhecidos, o que o torna a obra mais difícil de ser compreendia por leitores contemporâneos. É uma das obras escritas da literatura inglesa que tiveram mais adaptações na história do cinema, TV, e teatro.  

Sempre fui fascinada pela história de Alice no País das Maravilhas, por isso fiquei muito feliz quando surgiu a oportunidade de ler o livro. Tinha muita curiosidade sobre essa garotinha que de uma hora para outra se viu num país totalmente esquisito, com pessoas estranhas e  bichos falantes.
''Sabe, é que havia acontecido tanta coisa diferente ultimamente, que Alice já começava a pensar que pouquíssimas coisas eram realmente impossíveis.''   Pág. 22                                                                                            
 Muita gente já deve conhecer como começa essa história, Alice está sentada à beira do riacho com a sua irmã que está lendo, quando de repente surge em sua frente um Coelho Branco apressado dizendo está atrasado, Alice decide então seguir o Coelho e acaba caindo em sua toca (uma especie de túnel), e numa queda que parece não ter fim, Alice chega até a pensar em muitas coisas sobre sua vida enquanto cai, muitas coisas mesmo, é muito engraçado essa passagem do livro.

 Mas é a partir daí que as aventuras de Alice no Pais das Maravilhas irão começar, depois de crescer e diminuir várias vezes de tamanho Alice volta a seguir o Coelho Branco, porém no caminho vai conhecer muita coisa louca para a sua cabecinha, começando por um grupo de bichos falantes super esquisitos, que promoveram uma reunião bastante engraçada da qual Alice participa.

 Depois Alice conhece uma Lagarta não muito amigável, pois ela responde muito mal às perguntas feitas pela garota, o que a deixa bastante contrariada.


- Quem é você?
Não se pode dizer que esse foi um começo de conversa muito animador. Alice respondeu, meio encabulada:- Não estou bem certa, senhora... quero dizer, nesse exato momento não sei quem sou... Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então...- O que você quer dizer com isso - inqueriu a Lagarta, severamente. - Explique-se melhor!- Acho que não posso me explicar, senhora - respondeu a menina - Porque eu não sou eu mesma, entende?- Não, não entendo - Replicou a Lagarta.- Não consigo ser mais clara, senhora - Alice respondeu com toda a educação. - Porque, para começar, nem eu mesma consigo entender. Esse negócio de mudar de tamanho tantas vezes num só dia é muito confuso.                                              Pág. 57     

 E a jornada da pequena Alice continua depois de conhecer O Gato de Cheshire que é todo sorriso, e que para ela parece ser muito amigável, e de saber bastante coisa sobre o lugar onde ela estar, Alice decide então perguntar como fazer para chegar ao caminho de casa. Porém tudo acaba levando-a a um chá muito diferente, com personagens totalmente malucos.

- Que tipo de gente mora por aqui?
- Naquela direção disse o Gato, com a pata para direita - mora um chapeleiro. E naquela - apontou com a outra pata - mora uma Lebre de Março. Visite qual deles quiser: os dois são loucos.
- Mas não quero me meter com gente louca - ressaltou Alice.
- Mas isso é impossível - disse o Gato. - Porque todo mundo é meio louco por aqui. Eu sou. Você também é.
- Como pode saber se sou louca ou não? - disse a menina.
- Mas só pode ser - Ou não teria vindo parar aqui .        Pág, 76  

 Nesse Chá maluco, Alice não é nada bem recebida, o Chapeleiro Maluco é realmente maluquinho, e a A Lebre de Março também, eles falam e fazem coisas sem sentido, deixando Alice mas confusa do que já se encontra. Depois de se retirar desse chá totalmente absurdo, Alice finalmente chega ao castelo da Rainha de Copas e do Rei, e para quem leu a história sabe que essa Rainha não é muito boazinha pois qualquer deslize de um dos seus súditos, os Valetes, ela manda cortarem-lhe à cabeça! Depois Alice é chamada para testemunhar no tribunal onde um dos Valete é acusado de roubar as tortas da Rainha, nele todos estão presentes o chapeleiro, os bichos... porém o julgamento vira uma bagunça depois que Alice começa a crescer, e é nessa hora que a nossa pequena acorda, e vê que tudo não passou de um sonho.

 Essa edição da Martin Claret é linda, possui todas as ilustrações originais do livro, o que só torna a leitura ainda mais atrativa. O único fato deu ter classificado o livro com 3 estrelinhas foi somente com relação a leitura que é um pouco confusa, característica da história do livro.

 Alice no País das Maravilhas é um Clássico que encanta gerações até os dias de hoje, um história que vale a pena ser lida por todas as crianças e adultos também. Alice é uma menina corajosa, tímida e educada, e muito, muito curiosa, tenho certeza que quem a conhece logo se apaixona por ela, e mais ainda por esse mundo surreal criado por Lewis Carroll chamado País das Maravilhas.


SOBRE O AUTOR:






Charles Lutwidge Dodgson, mais conhecido pelo seu pseudônimo Lewis Carroll (Cheshire, 27 de janeiro de 1832 - Guildford, 14 de Janeiro de 1898), foi um escritor e um matemático britânico. Lecionava matemática no Christ College, em Oxford, e é mudialmente famoso por ser o autor do clássico Alice no País das Maravilhas.

Esse livro é uma Cortesia da Editora Martin Claret 


13 comentários:

  1. Amei sua resenha, parabéns.
    As edições da Martin Claret são perfeitas, adoro essa editora!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Tá ai algo q me fez repensar em ler esse livro

    tm um selinho p vc lá no meu blog

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Sempre tive vontade ler um livro de "Alice no país das maravilhas", apenas assisti ao filme (desenho), mas sempre preferi livros! Vou ver se consigo ler.. Fico cheia de livros para ler e pela metade que acabo nem tendo tempo para ler outros... Enrolada! rs. Estou seguindo-a!
    Abraços,
    Fanie.

    ResponderExcluir
  4. Tenho o livro, mas nunca parei para ler.
    Acho que gosto mais do filme que via quando criança do que o livro rs.
    Escolha do Próximo livro para resenha.
    Passa lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o livro quando eu o li! *--* Estou para postar resenha dele também :)
    Beijso,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  6. Alice é sempre uma delícia. Comprei uma edição ilustrada linda da Universo dos Livros na Bienal!

    Beijão

    Lu Tazinazzo
    http://aceitaumleite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não acredito que ainda não li Alice. Sério, tenho vontade de me bater quando lembro disso! Não sabia que essa edição tinha as ilustrações originais! Acho ilustrações uma graça, ainda mais de uma história tão gostosinha que nem essa :D Imagino que a leitura seja meio confusa mesmo, afinal, o filme é uma viagem só haha
    Beijo, Larissa
    Another Words
    http://anothersimplewords.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu li "Eu sou Alice" que é tipo a história verdadeira da Alice dos filmes, você já ouviu falar? acho a capa magnífica, amo de paixão!
    Beijo :*

    ResponderExcluir
  9. Oi Lidi, eu sempre adorei a história de Alice no país das maravilhas, mas nunca li a original, sabia? Parece ser uma história boa, apesar de confusa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Alice é linda, eu já li também, mas não essa edição ilustrada da Martin Claret. Gostei da sua resenha.

    Beijos

    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  11. oii!
    Sou louca pra ler Alice, impossível não amar essa história fofa! *-*
    Beijos, Bia

    ResponderExcluir
  12. Compartilhando do post de Elza Fraga.Do Grupo Leitura entre Amigos- , maravilha!
    Clevane Pessoa
    Rua dos Assistentes Sociais, 244-Belo Horizonte-MG
    clevaneplopes@gmail.com
    Sou escritora e quero oferecer livros para sorteio também.
    Cordialemtne:Clevane Pessoa

    ResponderExcluir
  13. Ainda não conhecia essa literatura, mas gostei bastante de saber que existe, pois eu assisti o filme infantil e o mais adolescente (que foi lançado recentemente), mas esse dois não explicam tudo, ainda deixam algumas lacunas que só o livro pode contar, pois é no livro que a gente sabe da historia mais detalhadamente, tenho certeza que é um excelente livro.

    ResponderExcluir