Eu Pego Esse Homem - Valerie Frankel

LIVRO NO SKOOB:  Eu pego esse Homem
TÍTULO ORIGINAL: I Take This Man
AUTORA: Valerie Frankel
EDITORA: Essência/Planeta
PÁGINAS: 296
ANO: 2008
MINHA AVALIAÇÃO: 

Se é verdade que o grande sonho de toda mulher é casar, talvez o maior pesadelo seja ser abandonada no altar ... Aos 23 anos, Penny Bracket vive a pior experiência de sua vida: minutos antes do "sim", seu noivo lhe envia um bilhete terminando tudo. Penny perde o chão e muitas camadas de seu vestido de noiva - em estado de transe, ela arranca a roupa enquanto comunica o fim da festa aos mais de duzentos convidados no luxuoso hotel Short Hares Plaza. Bram Shiraz, o noivo em fuga, achava que conhecia bem a ex-futura sogra. Para ele, Esther Bracket não poderia estar mais feliz, já que nunca o considerou o homem certo para a filha. Mas ele menosprezou o amor de mãe - ou o que uma mãe enfurecida era capaz de fazer ... Enquanto Penny se consola no ombro de Vita, sua melhor amiga, e a organizadora da cerimônia tenta salvar o que pode da recepção, Esther não perde tempo. Sobe até a suíte nupcial e, enquanto Bram faz as malas, acerta sua cabeça com a garrafa de champanhe que estava à espera dos pombinhos. Driblando as câmeras de segurança internas do hotel, Esther consegue levá-lo na caçamba da sua caminhonete até a mansão onde mora - e o mantém refém. Bram só seria  libertado após engolir cada bife, cada grão de arroz selvagem, cada grama de glacê do bolo de três andares - todo o buffet que ela havia encomendado por nada menos de setenta e cinco mil dólares. Será que Bram conseguirá escapar, e com vida? Será que Penny descobrirá que ele está preso no sótão da sua casa? E se encontrá-lo, será que se aliará à mãe na vingança ou acabará perdoando Bram? Eu pego esse homem é uma história hilariante, que combina suspense, vingança e muitas revelações. E por tudo isso, é uma grande história de amor.

 Sou apaixonada pelos livros do selo Essência da Editora Planeta, eles são super legais, românticos e a maioria das capas são lindas. Então imagina como eu fiquei super feliz quando eu entrei na livraria e encontrei esse livro super baratinho e que aparentemente era hilário, adoro livros que me fazem rir, eu fiz o que qualquer pessoa na minha situação, agarrei o livro e trouxe para casa (eu paguei pelo livro, tá gente!).

 A história gira em torno do sequestro de Bram, e a maquiavélica mãe de Penny tudo por causa de um mal entendido entre ele e Penny, eles não foram muito sinceros um com o outro e isso gerou problemas para os dois.

 O livro é regular, duas coisas mantiveram a minha curiosidade na história: primeiro eu queria saber por que exatamente o Bram desistiu do casamento e segundo eu gostaria de saber como a autora iria terminar essa história.

 Eu achei super legal a vingança da mãe de Penny, é sério abandonar a noiva no altar... isso não se faz, ele merecia ficar gordo e explodir de tanto comer o bufet inteiro da festa... Mas não foi só Esther que pirou não, todo mundo nesse livro é louco, Esther é louca parece uma mulher a beira de um ataque de nervos, a “babá” de Penny Natasha é doida varrida com um passado duvidoso.

“Então temos a noite toda para tratar dele” disse Esther esfregando as mãos.
“Tortura?” Natasha perguntou, com as sobrancelhas arqueadas.
“Não sei por onde começar”, Esther respondeu com pesar.
“Na Rússia, a KGB torturou muita gente da minha família e alguns amigos. Choque elétrico, fome, extração de fio por fio de cabelos ate ficar careca...”
“Na américa a gente paga por essas coisa”, Esther objetou.



 A melhor amiga de Penny, Vita, não tem um pingo de juízo, e Penny surtou, mas isso é compreensivo.
“Olha só pra isso”, Penny falou de outro balcão. “Maquiagem pra cães.”
O balcão exibia vidros de esmalte de unhas, escurecedores de focinho, delineador marrom para os olhos, gloss para gengivas, pó-de-arroz para pelo, glitter para iluminar pelagem. Vita abriu um vidro de esmalte negro e começou a passar nas unhas.
Penny brincava com os lápis de olhos e focinho...
“Você está ótima”, disse Vita. “Está parecendo uma punk amazônica.”
“E você”, Penny completou, “uma ninfa diabólica”.

 Depois de conhecer essas mulheres eu ate fiquei com um pouco de pena de Bram (mas só um pouco), tadinho dele, parecia ser o único com alguma coisa na cabeça.

 As situações que acontecem  durante o livro são ridículas, parece que a autora tava querendo brincar quando escreveu esse livro, colocando uma coisa estranha atrás da outra. Sendo o livro um romance, depois de um pouco mais da metade da leitura você já imagina como vai terminar. O final do livro é legal, mas mesmo o livro tendo muitos ingredientes para ser super divertido, a meu ver deixou a desejar, eu esperava mais.



SOBRE A AUTORA:






Valerie Frankel é autora de doze romances, para o público adulto e adolescente. Quando não está escrevendo romances, ela escreve ensaios e matérias para revistas como Marie Claire e Glamour. Atualmente, Valerie vive no Brooklyn, em Nova York, com suas duas filhas adolescentes, três gatos e o marido, Stephen Quint, um cantor de ópera. 


12 comentários:

  1. Credo, que experiencia traumática a da Penny hein?!rs
    Tomara n passar por isto!rs

    Linda a capa.
    bJAUM

    Roberta Ribeiro
    No meu quarto eu leio muito

    ResponderExcluir
  2. Oi Amanda!
    Eu também gosto muito de livros leves e divertidos e acho que julgando pela capa, gostaria desse. Mas não gosto quando os autores tentam ser engraçados forçadamente e sempre fazem os personagens passarem por situações extremas só para o livro ser legal.

    Beijos e parabéns pela sinceridade!

    ResponderExcluir
  3. Oii Amanda!

    Também adoro livros engraçados!!

    Ainda não li nenhum livro com o selo Essencia, mas tbm acho que eles são muito lindos!

    Eu adorei a resenha!!
    Toda vez que eu passo por aqui, aumenta um livro na minha listinha!!haha.

    Bjão!!
    http://my-literarylife.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Mandinha!

    Eu amei a capa, muito linda e tudo a ver com o titulo :P

    Não li nenhum livro dessa editora, mas eu vou ver se começo a ler os livros dela.

    Beijinhos,
    Kimy Gabrielli.
    http://blogkimygabrielli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Só lendo a sinopse eu já ri muito, imagine com o livro? Adorei a ideia da autora, preciso ler esse livro agora.
    Parabéns pela resenha.
    Stéphanie - Teenage Dreams.

    ResponderExcluir
  6. To lendo um livro super assim. A autora quer ser engraçada e coloca cenas bizarras, mas acaba ficando forçado. Os personagens são rasos e toda a narrativa fica mediocre. Então entendo o que você sentiu, parabéns pela sinceridade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Parece ser muito legal esse livro, quero ler! :D
    Eu ri enquanto li o que a Esther fez (sequestrar o ex-genro para obrigá-lo a comer todo o buffet) hahahahhahahaha
    Preciso ler esse livro!

    ResponderExcluir
  8. Oi Amanda!! Concordo com vc, as capas da Planeta são lindas. Gostei muito de sua resenha, foi sincera e achei muito bacana.
    bjus Fabi

    ResponderExcluir
  9. "ele merecia ficar gordo e explodir de tanto comer o bufet inteiro da festa..." imagine a risada que eu dei ao ler essa frase, agora triplique, foi mais ou menos isso.
    Eu gostei da capa e da sinopse, adoro esse tipo de livro, uma pena ele ter te decepcionado, eu odeio quando acontece isso com os livros, é tão triste né?
    Enfim, gostei da resenha, ela foi super honesta.

    Obrigada pela visita no meu blog e desculpa a demora para passar aqui, a minha vida está muito cheia de coisas, mas sempre que der vou passar aqui, adorei o seu blog.
    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  10. Olá Meninas, tudo bem?

    estou passando para avisar que indiquei vocês para participar de um meme em meu blog, espero que gostem.

    http://pploraine.blogspot.com.br/2012/03/meme-tag-11-perguntas.html

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oii :D
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, parece ser legal, haha. Ainda mais porquê o pessoal é meio maluquinho xD
    E esse Bram é um idiota ¬¬
    Ah, tem selinho lá no meu blog pra vocês: http://raulayasmin.blogspot.com.br/2012/03/selinhos.html

    Beijão :*

    ResponderExcluir
  12. Oii!
    Pela sinopse parece ser um livro bom!
    Gostei da resenha ;)

    Beijos, Bia!

    ResponderExcluir