Novidades de Fevereiro - Grupo Editorial Novo Conceito

Confira os lançamentos de Fevereiro do Grupo Editorial Novo Conceito!



Campbell tem 17 anos.
Ela não acredita em Deus. Muito menos em milagres. Cam sabe que tem pouco tempo de vida, por isso quer viver intensamente e fazer tudo o que nunca fez, no tempo que lhe resta. Mas a mãe de Cam não aceita o fato de perder a filha, assim, ela a convence a fazer uma viagem com ela e a irmã para Promise um lugar conhecido por seus acontecimentos miraculosos. Em Promise, Cam se depara com eventos inacreditáveis, e, também, com o primeiro amor. Lá encontra, finalmente, o que estava procurando mesmo sem saber. Será que ela mudará de ideia em relação à probabilidade de milagres? A Menina que não Acredita em Milagres vai fazer você rir, chorar e repensar sua conduta de vida.

(Resenha) Harry Potter e a Pedra Filosofal - J. K. Rowling

Livro no Skoob: Harry Potter e a Pedra Filosofal
Título Original: Harry Potter and the Philosopher's Stone
Série: Harry Potter #1
Autora: J. K. Rowling
Editora: Rocco
Páginas: 224
Ano: 2000
Conheça Harry, filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas. O menino de olhos verdes, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais.

Finalmente depois de todo mundo ler e reler esse livro, eu pude conhecer a obra que ganhou o coração de milhares de leitores pelo mundo! Sim, eu li Harry Potter! Depois de muito tempo querendo conhecer os livros e apesar de já ter assistido todos os filmes. Porém, como todos sabemos, muito se perde nas adaptações literárias, por isso hoje venho falar para vocês como foi a leitura desse livrinho mágico!

O livro tem início pelo ponto de vista do Tio de Harry, que ao se dirigir ao trabalho começa a notar coisas estranhas ocorrendo, mas como um trouxa acaba deixando esses acontecimentos de lado, porém mal sabia ele que naquele dia específico o mundo bruxo comemorava a queda de você-sabe-quem, e muitos deles em sua felicidade acabaram deixando a cautela de lado e se deixando ver pelos trouxas. 

Acompanhamos o momento onde Harry é deixado na porta de seus tios para que possa viver uma vida normal após a morte de seus pais, mas o que Dumbledore não sabia, era que ao deixá-lo viver com sua família, estaria condenando o Harry a uma infância miserável, pois seus tios o relegam a um quartinho embaixo das escadas e seu primo Duda o maltrata muito. Enquanto vai crescendo, coisas anormais cercam o menino, e a cada acontecimento ele é castigado pelos tios, que escondem de Harry sua verdadeira história, até o seu aniversário de 11 anos, quando as cartas de Hogwarts começam a chegar.

(Resenha) O ar que ele respira - Brittainy C. Cherry

Livro no Skoob: O ar que ele respira
Título Original: The Air He Breathes
Série: Elementos #1
Autora: Brittainy C. Cherry
Editora: Record
Páginas: 306
Ano: 2016
O novo romance da autora de Sr. Daniels.

Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

O primeiro livro que li da autora Brittainy C. Cherry foi Sr. Daniels, e eu me envolvi tanto com a história que o livro se tornou um dos meus livros favoritos no ano passado. Por isso, a minha felicidade foi grande quando a Editora Record publicou mais um livro da autora, dessa vez uma série, chamada Elementos. O Ar que ele respira é o primeiro livro lançado dessa série, e assim como Sr. Daniels o livro me emocionou bastante, tanto que estou ansiosa para conhecer as próximas histórias da autora.

Logo no início da leitura somos apresentados a uma família feliz, sim, o nosso protagonista Tristan Cole, é muito bem casado, possui um filho adorável, e até um cachorro fofo chamado Zeus. Os sonhos e objetivos do casal estavam prestes a se tornar realidade com a ida de Tristan e do pai dele para Nova York em uma reunião de negócios com empresários... Até que o inevitável acontece, ainda a caminho da viagem Tristan recebe a pior notícia da sua vida, que deixará o seu coração em pedaços para sempre. 

Crushes Literários que você precisa conhecer!

Quem nunca se apaixonou por um personagem que atire a primeira pedra!

Nós leitores e leitoras, temos um problema quando se trata de encontrar alguém na vida real, pois com tantos personagens maravilhosos fica difícil encontrar alguém que chegue perto, e isso meus amigos é terrível! Mas enquanto esperamos a liberação do casamento com personagens fictícios, só nos resta suspirar e imaginar nossos crushes em carne e osso e muita, muita perfeição.

Pensando nisso, preparei uma lista com meu top crushes literários, para esquecer um pouco a realidade e nos apaixonarmos mais um pouco por esses homens lindos e maravilhosos.

Vamos começar pelo primeiro amor!



Pra começar logo de cara abalando as estruturas, nada menos que Mr. Darcy, o Crush supremo das mocinhas que adoram um personagem que não faz a linha amor à primeira vista, quando li Orgulho e Preconceito no início de minha vida de leitora, quis saber qual era a da escritora Jane Austen e o porquê de todo mundo amar tanto esse livro... E minha gente minha vida nunca mais foi a mesma, Mr. Darcy faz a linha chatinho e carrancudo, mas ao conhecermos melhor essa perfeição literária não tem coração que aguente e derrete feito manteiga!

Lançamentos de Fevereiro - Editora Rocco

Confira as novidades do mês de Fevereiro da Editora Rocco!

Rocco Jovens Leitores:




No derradeiro capítulo da trilogia Never Sky, sucesso da brasileira radicada nos EUA Veronica Rossi, Aria e Perry estão determinados No derradeiro capítulo da trilogia Never Sky, sucesso da brasileira radicada nos EUA Veronica Rossi, Aria e Perry estão determinados a encontrar o Azul Sereno, o último refúgio contra as tempestades de éter, cada vez mais constantes no mundo em que vivem. Mais do que o amor proibido que os mantém ligados, eles precisam unir Forasteiros e Ocupantes se quiserem sobreviver, e salvar a vida daqueles que amam. Sem escolha e determinados a permanecerem juntos, contra todas as probabilidades, os dois protagonistas partem para a mais perigosa de suas aventuras, que não só colocará à prova seu amor, coragem e capacidade de liderança, como também exigirá grandes sacrifícios. Será que eles estão preparados para a jornada A caminho do Azul Sereno?

(Resenha) Sissi A Imperatriz Solitária - Allison Pataki

Livro no Skoob: Sissi - A Imperatriz Solitária
Título Original: Sissi : Empress on Her Own
Autora: Alisson Pataki
Editora: Gutenberg
Páginas: 416
Ano: 2016
A “Rainha Encantada”, a mulher mais linda do mundo: a figura da Imperatriz Elisabeth da Áustria-Hungria, carinhosamente chamada de Sissi, sempre desperta fascínio e comoção por onde passa, mas sob tanto deslumbramento vive uma mulher muito mais complexa, que se sente sufocada pelo casamento turbulento e pelos rigorosos protocolos que ditam a vida na corte. Casada com o Imperador Franz Joseph, amada e odiada por seu povo, Elisabeth é uma das mulheres mais poderosas e influentes do mundo na Viena de meados do século XIX, onde os luxuosos salões do Palácio de Hofburg fervilham não só com valsas imperiais, champanhe e assuntos de Estado, mas também com tentações, rixas e desavenças acirradas. Espírito livre e sensível, Sissi só encontra paz quando vai para longe das intrigas palacianas e, assim, nasce uma chama que a consumirá por toda a vida: a paixão pelas viagens, que a leva para lugares remotos, onde pode cavalgar livremente e interagir com plebeus. Mas a vida de um monarca não pertence a ele mesmo, e sempre que o dever se impõe à liberdade de escolha, Sissi é obrigada a voltar à reclusão de seu círculo social, rodeada de fofocas, inveja e tristeza. Grande parte da excelente imagem mundial da Áustria-Hungria depende do carisma de Sissi, e ela precisa fazer a sua parte para salvar o Império. Mas, no final, ela poderá salvar-se?

Antes de começar essa resenha, pare um pouco e imagine como seria conhecer um lindo príncipe que se apaixone e que almeje se casar com você, que conto de fadas maravilhoso seria? Talvez, não.

Sissi nos mostra uma versão ficcional de uma história real, onde conhecemos Elizabeth, uma Imperatriz e Rainha de um dos povos mais antigos e poderosos da Europa, a Aústria-Hungria, do século XIX. Porém toda a admiração, atração e devaneios que temos ao pensar em uma vida na realeza cai por terra quando passamos a conhecer a fundo os segredos escondidos da famosa Rainha Encantada.

Fiquei muito empolgada ao saber que leria esse livro porém, agora após o término ainda não me decidi se amo ou odeio, não a obra em si, mas a própria Sissi, pois a primeira impressão que nos passa é de uma mulher mesquinha e egoísta, que sabendo de suas responsabilidades age sem pensar nas consequências em busca de sua própria satisfação. A história já começa com a Sissi adulta, por isso perdemos algumas informações importantes. Sissi casou-se aos 16 anos com o Imperador Franz Joseph, fato esse que ocorreu de forma não planejada, pois inicialmente o Imperador iria propor o enlace a Helene, irmã mais velha de Sissi, mas ao conhecê-la o Imperador caiu de amores e a escolheu.

Editora Arqueiro e os lançamentos de Fevereiro!

Olá, pessoal!

Esse mês de Fevereiro está repleto de novidades! A Editora Arqueiro caprichou esse mês! E ainda foi lançado um Box incrível e exclusivo do ''Quarteto Smithe - Smith'' da autora Julia Quin. Vem conferir!




A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, "A Cabana" invoca a pergunta: "Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?" As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

(Resenha) Em Um Bosque Muito Escuro - Ruth Ware

Livro no Skoob: Em Um Bosque Muito Escuro
Título Original: In a dark dark wood
Coleção: Luz Negra
Autora: Ruth Ware
Editora: Rocco
Páginas: 288
Ano: 2016
Em um bosque muito escuro é narrado por uma escritora reclusa que aceita o convite para a despedida de solteira de uma amiga de escola com a qual não tinha contato há anos. Quarenta e oito horas depois de chegar ao local da festa, uma casa de campo isolada, ela desperta numa cama de hospital, com a devastadora certeza de que alguém está morto. E mais do que tentar lembrar o que aconteceu no fatídico fim de semana, precisa descobrir o que fez. Com uma atmosfera inquietante, em que segredos do passado são revelados aos poucos e as relações se constroem pelo entrelaçamento de admiração, carinho, inveja e ressentimentos, Ruth Ware entrega um thriller arrebatador, que não à toa a colocou entre os principais nomes do novo suspense feminino, como Paula Hawkins e Gillian Flynn. Em um bosque muito escuro será adaptado para o cinema por Reese Whiterspoon.

Um suspense bem tenso...

Se tem uma coisa que a Ruth Ware conseguiu fazer foi me deixar confusa. Não que o final seja imprevisível, nos primeiros capítulos você começa a perceber algumas facetas dos personagens que fazem com que você já fique desconfiada de como as coisas vão acabar, mas daí durante a leitura a autora vai confundindo a sua cabeça, e você mergulha nas dúvidas da protagonista, o que de certa forma foi bom, pois me dava mais ansiedade por terminar e descobrir logo como a história iria acabar.

Em um bosque muito escuro conta a história de Nora, uma escritora de livros de suspense de 26 anos que mora sozinha e leva uma vida pacata e metódica em Londres. Certo dia ela recebe um e-mail de uma estranha, convidando-a a participar de uma despedida de solteira de uma ex-amiga que ela não vê a 10 anos, despedida essa que durará um fim de semana inteiro e que ocorrerá em outra cidade. E eu não sei se é porque eu moro no Brasil e desconfio até da minha própria sombra, mas eu não iria... e se fosse, depois que chegasse na casa e me sentisse tão perturbada quanto a protagonista, eu não ficaria. Creio que por isso eu desconfiei muitas vezes da sanidade de Nora, e até cheguei a desconfiar dela.

(Resenha) O Menino Feito de Blocos - Keith Stuart

Livro no Skoob: O Menino Feito de Blocos
Título Original: A Boy Made of Blocks
Autora: Keith Stuart
Editora: Record
Páginas: 377
Ano: 2016
Uma história sobre um pai e seu filho autista, e sobre um jogo que mudou suas vidas. Alex ama sua família, mas tem dificuldade em se conectar com Sam, o filho autista de oito anos. A tensão crescente da rotina leva seu casamento ao ponto de ruptura. Jody não aguenta mais o marido ausente e que pouco participa da vida do filho. Então Alex vai morar com o melhor amigo, e passa a dormir no colchão inflável mais desconfortável do mundo. Enquanto Alex enfrenta a vida de homem separado, cumpre a função de pai em meio-expediente e é confrontado com segredos de família há muito enterrados, seu filho começa a jogar Minecraft. E o que acontece depois disso é algo que nem Alex, nem Jody, nem Sam poderiam imaginar. Inspirado no relacionamento do autor com seu filho autista, O menino feito de blocos é um livro emocionante, engraçado e verdadeiro sobre o poder da diferença e sobre um menino para lá de especial.
A vida é construída sobre as pequenas coisas

Quando recebi este livro da editora já sabia que seria uma ótima leitura, porém por saber que abordava o tema do Transtorno do Espectro Autista (TEA), já esperava que fosse bem tenso. O Menino Feito de Blocos é ao mesmo tempo um misto de delicadeza com um tapa de realidade, onde vemos os obstáculos enfrentados por milhões de pessoas que possuem familiares com  a condição do Autismo.

Imediatamente somos catapultados pelo caos que é a vida  Alex, neste exato momento sendo posto para fora de casa, uma separação experimental, foi o que Jody falou, mas o que isso significa afinal? Como as coisas poderiam piorar? Seu filho, tem oitos anos e tem Autismo, desde que nasceu Sam tem sido o centro de tudo, no início ele apenas chorava e chorava, mas com o passar dos anos logo ficou claro que havia algo de errado com ele, e a partir daí a vida em família muda drasticamente.

"Por causa do autismo, não somos eu e Jody. Somos eu, Jody e o problema do Sam. É essa a sensação que dá. Mas eu não posso dizer isso. Não posso nem pensar isso."

(Resenha) Meu Romeu - Leisa Rayven

Livro no Skoob: Meu Romeu
Título Original: Bad Romeo
Série: Starcrossed #1
Autora: Leisa Rayven
Editora: Globo Livros
Páginas: 407
Ano: 2015
Cassie está prestes a realizar o grande sonho: estrelar um espetáculo na Broadway. O que ela não esperava era ter que enfrentar o reencontro com o ex-namorado, que será novamente protagonista ao seu lado, em uma peça cheia de romance e cenas quentes. Trabalhar com Ethan traz o passado à tona, e lembra a Cassie que o que existe entre eles vai muito além de simples química.

Esse livro é um dos mais comentados nas minhas redes sociais. O título dele ''Meu Romeu'' que nos remete a tragédia  Romeu e Julieta escrita por William Shakespeare foi um dos fatores que me levaram a lê-lo assim que tive uma oportunidade. Tenho quase certeza que ele pode ser classificado como um New Adult, sendo assim embarquei na leitura, afinal é um dos meus gêneros literários favorito. 

Foi então que me peguei presa nas páginas logo no início da leitura querendo desesperadamente descobrir o que levou o casal Cassie e Ethan a uma separação tão drástica. Depois de alguns anos separados os dois são escolhidos para estrelar juntos uma peça de teatro na Broadway, Cassie não está feliz com isso, o desejo dela na verdade era que Ethan Holt nunca mais cruzasse o seu caminho enquanto vivesse. Por isso, Cassie fará de tudo para as suas emoções não tomem conta da sua razão.

A história é dividida em vários capítulos intercalados entre o presente e o passado. Seis anos antes, os nossos dois protagonistas se conheceram nos testes para entrar na escola de teatro em Nova York, a Grove é uma das universidades mais concorridas para os que desejam seguir a carreira de ator/atriz. Logo que se encontram os dois não se dão muito bem, porém, vai ficar claro que eles possuem uma profunda e intensa conexão um com o outro. Mas Ethan não é um cara fácil de lidar, sempre sozinho, e mal humorado fará da vida de Cassie um verdadeiro turbilhão de emoções. Então, imaginem a situação quando os dois são escalados para viver o casal Romeu e Julieta em uma importante peça na escola?