(Resenha) Perdição em Roma - Sylvain Reynard

Livro no Skoob: Perdição em Roma
Título Original: The Roman
Série: Noites em Florença - Livro III
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Saída de Emergência - Chá das Cinco
Páginas: 304
Ano: 2017

Uma história arrebatadora e bela de um confronto milenar que poderá condenar dois amantes para a eternidade. Raven e a sua irmã, Cara, estão à mercê de inimigos que se movem no submundo de Florença e que as mantém como reféns e oferenda de paz à temida Cúria de Roma. Sem certezas de que William sobreviveu ao golpe que destruiu o seu domínio, Raven está determinada a proteger a sua irmã a todo o custo, mesmo que isso implique desafiar Borek, o líder dos inimigos de William.
Num esforço para manter Raven longe dos seus rivais, William decide entregar-se ao Romano, o misterioso e perigoso rei do submundo italiano. Mas o Romano revela-se como alguém totalmente inesperado… Alianças e rivalidades irão ser feitas e quebrar-se enquanto William luta para salvar a mulher que ama e o seu reino, sem iniciar uma guerra civil. Conseguirão os amantes permanecer juntos, contra todas as expectativas?

Contém spoiler do livro anterior.

E após quase dois anos de espera, e muita frustração, já que a Editora Arqueiro decidiu não dar continuidade a essa série (eu entendo de negócios, foco em resultado, lucro e etc., mas ainda assim, foi uma total falta de respeito com nós leitores, o que a referida editoras fez), dito isso, não pude mais esperar, e importei o último livro da série Noites em Florença de Portugal por meio da Livraria Cultura, e posso lhes dizer caros leitores, que o livro valeu cada centavo. 

Que livro foi esse BRAZZZIILLL???!!! Como você tem em mãos um enredo super clichê, da mocinha solitária e sofrida, que se apaixona por um vampiro misterioso e ainda assim consegue fazer algo surpreendente??? O Sylvain me conquista mais a cada dia, no seu gênero, ele é o meu autor favorito. Sabe aqueles livros que você termina de ler, mas não consegue para de pensar nele? Pois é, eu fiquei com depressão pós leitura, ressaca literária, tudo e mais um pouco. 

(Resenha) Menina Veneno - Carina Rissi

Livro no Skoob:Menina Veneno
Autora: Carina Rissi
Editora: Galera Record
Páginas: 192
Ano: 2017

Contada sob a perspectiva ferina e cheia de humor ácido de Malvina, a madrasta, essa história vai te surpreender. Da mesma autora da série best-seller Perdida. Você conhece a história de uma certa princesa que sofreu inúmeras tentativas de assassinato por sua madrasta, uma delas com uma maçã envenenada. O bem contra o mal, a indefesa donzela ameaçada pela perversa Rainha... É bonito, não é mesmo? Francamente, me embrulha o estômago só de falar dessa história da carochinha. Eu não sou uma bruxa, não sou má e eu nunca planejei matar ninguém. Por anos, fui a maior modelo do planeta, o nome mais poderoso do mundo da moda... Até o dia em que a insossa da minha enteada, Bianca, roubou a minha maior campanha. Dá pra acreditar? Bianca é tão sonsa... e tem esse arzinho azedo e avoado que me dá vontade de voar no pescoço dela... Eu sei, parece mesmo que eu fiz tudo o que a imprensa me acusa de ter feito. Mas não foi bem assim. Senta aqui e me ouça até o fim. Depois me diga se acha mesmo que mereço o título de Rainha Má... Talvez só Rainha seja muito melhor.

Malvina Neves é a primeira protagonista vilã da Carina Rissi, e posso dizer que ela se saiu muito bem, o livro tem uma pegada mais divertida, e com narrativas debochadas, leves e envolvente, já que em vários momentos a protagonista conversa com o leitor (adoro isso). 

Confesso que no começo a leitura foi um pouco mais lenta, a Malvina demorou para me conquistar, porém depois das primeiras 20 páginas, eu engatei na leitura e li sem parar. 

O livro é uma releitura do conto a branca de neve, porém com uma pegada mais moderna e contemporânea, cujo intuito é mostrar a versão dos fatos pelo olhar da vilã, e que nem tudo pode ser como parece. 

(Resenha) Sorte Grande - Jennifer E. Smith

Livro no Skoob: Sorte Grande
Título Original: Windfall
Autora: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 384
Ano: 2018

Novo romance da autora de A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista e Geografia de Nós Dois. Desde que perdeu os pais, Alice não acredita na sorte. Mas ela acredita no amor. De seus tios, de seu primo Leo, de seu melhor amigo, Teddy. Quando precisa decidir o que dar a Teddy em seu aniversário de 18 anos, a ideia parece chegar naturalmente: um bilhete de loteria. Com todos os números importantes para ambos: número dos anos que estiveram juntos, datas importantes e endereços marcantes. Quando a combinação se prova vencedora e o menino ganha quase 150 milhões de dólares, os dois se envolvem em um redemoinho de loucuras juvenis, interesseiros e sonhos de infância realizados. Tudo estaria perfeito, não fosse um beijo trocado no auge das comemorações. Um beijo que mudaria tudo. Mas o dinheiro não pode comprar o amor. Mas será que pode dar uma ajudinha?

Quando resolvi ler esse livro estava em busca de uma leitura leve que me ajudasse a voltar a rotina dos livros após os traumas sofridos durante o período do TCC. E de certa forma foi uma leitura calma, mas que não conseguiu me prender tanto, ou será que ando um pouco enferrujada?

Já imaginou o que aconteceria com a sua vida se no seu aniversário, seu(a) melhor amigo (a) resolvesse te dar de presente um bilhete de loteria, e mais louco ainda seria se você ganhasse? O que você faria? Seria uma sorte grande , ou apenas um grande azar? Imagino que vocês  leitores diriam que deve ser muita sorte e já imaginam suas bibliotecas de dois andares com escadas de rodinhas e quem sabe uma máquina de expresso, por que não? Mas... pensando bem, suas vidas iriam virar de pernas pro ar, seus amigos, famílias, e todos que vocês conhecem estariam felizes por você certo? Mas quem sabe não seja apenas alegria por você, se não algum interesse a mais?

Perguntas, tantas perguntas, e os personagens do livro Jani? Calma gente, é aqui que falo sobre a Alice, o Teddy, milhões de dólares, amores não correspondidos e tudo o mais que a autora nos apresenta na história de Sorte Grande. Começando pela Alice que de sorte não tem lá muitas coisas boas a relatar, órfã desde menina ela vive com seus tios e tenta achar seu lugar no mundo, sempre pensando no que seus pais esperariam que ela fizesse. Já Teddy, bem ele é o Teddy... aquele melhor amigo por quem se tem um crush secreto e todas as meninas estão a fim, até que ele ganha na loteria e faz exatamente o que a maioria de nós faria, curte a vida adoidado... mesmo sob o olhar reprovador da Alice que esperava que ele usasse esse dinheiro para um fim mais nobre.

(Resenha) Marca do Caos - Sylvia Day

Livro no Skoob: Marca do Caos
Título Original: Eve of chaos
Série: Marked #3
Autora: Sylvia Day
Editora: Faro Editorial
Páginas: 312
Ano: 2016


Ao passar uma incrível noite de amor com Alec Caim, Evangeline não tinha ideia de que seria punida com uma Marca e empurrada para uma vida em que teria de caçar demônios como penitência. Agora ela está em sérios apuros. Além de viver como uma marcada, entre dois irmãos sensuais, Evangeline conseguiu chamar a atenção do próprio Satanás. Surgem também grandes revelações e reviravoltas, cercadas de sensualidade e inúmeras batalhas.

Contém spoilers do livro anterior.

E a Sylvia Day não vai facilitar mesmo pra gente, Eva ainda não fez a sua escolha entre os irmãos Caim e Abel, mas quem pode culpa-la? Não eu. E já estou me preparando psicologicamente para a despedida, que acontecerá no próximo livro, que considerando seu tamanho, será apenas para fechar as pontas soltas e definir o rumo desses três personagens que me conquistaram ao logo dessa série, cada um à sua maneira.

Como vimos no livro anterior, Caim agora é um arcanjo, e seu amor é destinado exclusivamente para Deus, ou seja, essa escolha influenciou drasticamente nos sentimentos dele por Eva, o amor por ela agora é simplesmente uma escolha, uma decisão que ele toma a cada dia, e não mais algo que acontece naturalmente. Ele também sente que algo nele está diferente, e ele teme que isso possa afetar também a Eva.

Ela por sua vez não sabe se será capaz de conviver com esse amor escolhido de Caim, mas sabe também que depois que ele se tornou Arcanjo, algo nele mudou, e não é apenas sobre amá-la ou não, Caim não é mais como era antes, e ela vai fazer de tudo para descobrir o que está acontecendo com ele e ajudá-lo, pois, apesar de tudo, mesmo que os sentimentos dela por ele estejam repletos de dúvidas, a ligação que eles têm é muito forte, ele é alguém muito importante na vida dela.

(Resenha) A Rebelde do Deserto - Alwyn Hamilton

Livro no Skoob: A Rebelde do Deserto
Título Original: Rebel of the Sands
Série: A Rebelde do Deserto #1
Autora: Alwyn Hamilton
Editora: Seguinte
Páginas: 283
Ano: 2016

O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher.  Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por lhe revelar o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.

A Rebelde do Deserto sempre foi um livro bastante comentado, por isso assim que surgiu a oportunidade comprei o meu exemplar, queria saber qual a mágica que envolvia essa história, pois todos os leitores que leram se apaixonaram pelo enredo da autora Alwyn Hamilton, pelo menos foi o que percebi. A trilogia fez bastante sucesso por aqui, e comigo não foi diferente, fui fisgada pelas aventuras de Amani, nossa bandida de olhos azuis, e um forasteiro bastante sedutor!

''E então veio aquele sorriso. Talvez eu tivesse olhos que me traíam, mas Jin com certeza tinha o tipo de sorriso capaz de converter impérios inteiros. O tipo de sorriso que me fazia sentir que o entendia direitinho, embora não soubesse nada sobre ele. O tipo de sorriso que me fazia sentir que éramos capazes de qualquer coisa juntos.''  Página 118

Assim que comecei a leitura percebi nas primeiras páginas que muitas aventuras me aguardavam, pois o livro já começa com bastante ação. Nele iremos conhecer Amani, uma jovem de 16 anos, que mora na Vila da Poeira, junto com os tios e os primos. Mas Amani não é feliz, perdeu a mãe logo cedo, e de uma maneira extremamente trágica, e o seu maior sonho é juntar bastante fouzas (dinheiro) e ir embora para Izman,  a capital de Mirajjin, e tentar encontrar a irmã de sua mãe, para assim fugir de uma vida miserável no deserto, e de um casamento iminente com o seu próprio tio. 

(Resenha) A Lady de Lyon - Julie Garwood

Livro no Skoob: A Lady de Lyon
Título Original: The lion's lady
Série: Crown's Spies #1
Autora: Julie Garwood
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 464
Ano: 2018

Christina Bennett causou furor na sociedade londrina. A arrebatadora beldade esconde com sucesso o segredo de seu misterioso passado até a noite em que Lyon, o Marquês de Lyonwood, rouba-lhe um beijo ousado e sensual. O arrogante aristocrata com coração de pirata prova o gosto do fogo selvagem que arde por baixo do charme indiferente de Christina e anseia por possuí-la intensamente. Mas a destemida e insolente Christina não será conquistada com tanta facilidade. Dona do próprio coração e de sua fortuna, ela resiste às sensuais carícias de Lyon. Ela se atreve a não se render ao seu amor... pois, se o fizer, também terá que abrir mão de seu precioso segredo... e de seu destino prometido!

Os romances históricos da Julie Garwood sempre fizeram parte da minha lista de desejados, sempre quis conhecer a escrita de uma das autoras mais famosas desse gênero, e tive a oportunidade de começar por um livro que atiçou bastante a minha curiosidade de leitora que ler sobre esses romances desde os treze anos! Só posso dizer que o livro foi bem diferente do que eu imaginei, conheci uma protagonista fora dos padrões, que conseguiu me conquistar com a sua personalidade.

Logo no início da narrativa um prólogo nos é apresentado, é nele que iremos conhecer um pouco da história da nossa protagonista Christina, que foi criada pelos Dakotas, uma tribo de índios na América, mas como uma garotinha inglesa foi parar em meio aos índios? É muito instigante acompanhar essa parte do livro, e conhecer um pouco da cultura, lendas, e dos presságios dessa tribo que acolheu e criou com tanto amor e moldou de forma tão forte a nossa mocinha.

Entre Livros e Filmes - Um Crime na Confeitaria

E a dica de adaptação de hoje foi uma grande surpresa para mim. Estava eu vagando sem fim pelo catálogo da Netflix, procurando um filme leve e romântico para assistir quando me deparo com "Um crime na Confeitaria". Gostei da sinopse e fui assistir... Até então eu não sabia que se tratava de uma adaptação, mas alguma coisa naquela história me parecia familiar.






Na pacata cidade de Minnesota, nos Estados Unidos, a criminalidade é tão pequena que qualquer acontecimento violento choca os moradores. E foi o que aconteceu quando, misteriosamente, o motorista de uma tradicional confeitaria da região aparece morto. Agora a confeiteira do local, Hannah Swensen (Alison Sweeney), vai acabar se transformando em uma detetive amadora para tentar solucionar o caso.

Crítica: Vingadores: Guerra Infinita

Título: Vingadores: Guerra Infinita
Título Original : (Avengers: Infinity War)
Direção: Anthony Russo, Joe Russo
Duração:  2h40min
Gênero: Ação/Aventura
Ano de lançamento: 2018

Uma jornada cinematográfica sem precedentes de dez anos em produção e abrangendo todo o universo cinematográfico da Marvel, Vingadores: Guerra Infinita traz para a tela o confronto final e mais mortal de todos os tempos. Os Vingadores e seus super-heróis aliados devem estar dispostos a sacrificar tudo em uma tentativa de derrotar o poder de Thanos, antes que seu bombardeio de devastação e ruína acabe com o universo

Tendo dormido menos de quatro horas após assistir a pré-estreia de Guerra infinita, este ser que vos fala ainda esta em estado de choque após o final dessa obra prima da Marvel que nos mostra como fazer um filme de super-herói de qualidade! Chupa DC!

E eu que nem ao menos estava cogitando a possibilidade de ir ao evento organizado na minha cidade, (que diga-se de passagem foi muito legal e de antemão deixo aqui meus parabéns a galera do Nerdebate, Pipocas Club e do Studio Made PB que tornaram essa ocasião ainda mais fantástica!) Fui de última hora e graças a Deus pois agora posso dividir com vocês minhas primeiras impressões sobre o filme, sem spoilers é claro!

Desde que a Marvel iniciou sua jornada em adaptar o universo dos quadrinhos para o cinema que tem levado milhões de fãs no mundo todo a assistirem seus filmes, e mesmo aqueles que nunca nem leram uma HQ não perdem um lançamento, desde então o universo Marvel só tem crescido e cada vez mais temos a oportunidade de assistir um bom filme de super-herói com a famosa fórmula Marvel, um clima leve, com tiradas cômicas, porém sem perder a originalidade e nos proporcionar um espetáculo cinematográfico.

(Resenha) Dear Heart, Eu Odeio Você! - J. Sterling

Livro no Skoob: Dear Heart, Eu Odeio Você!
Título Original: Dear Heart, I Hate You
Autora: J. Sterling
Editora: Faro Editorial
Páginas: 288
Ano: 2017

Você não sente nada? Culpa, dor ou remorso? Como você consegue se afastar tão facilmente?
Jules era viciada em trabalho. Colocando sempre o amor em segundo plano, sua principal meta era construir uma carreira com sólida reputação. Cal Donovan era muito parecido. Ele havia traçado uma lista de objetivos para alcançar na vida, e nela só havia espaço para ascensão profissional. Mas um encontro ao acaso muda tudo. De repente, o amor não parece uma distração para atrapalhar seus planos. Como fazer um relacionamento dar certo quando a sua cara-metade mora a milhares de quilômetros de você? Como viver esse amor sem abandonar tudo o que construiu? Algumas vezes as nossas mentes elaboram planos, estabelecem metas, perseguem sonhos. E algumas vezes os nossos corações ignoram as nossas mentes e decidem apostar no amor.

Ainda estou na dúvida sobre como falar desse livro, nesse exato momento e local estou me mordendo de vontade de mandar aquela mensagem pro crush que é viciado em trabalho e não consegue me da atenção, então como superar essa situação?

Jules tem foco, seu objetivo é claro, ela se dedica ao seu trabalho e é apenas isso que vem em primeiro lugar, relacionamentos são bem complicados e na maior parte do tempo acabam dando errado, então quando ela conhece Cal, que é em muitas formas bastante parecido com ela, eles se perguntam como um relacionamento entre eles iria funcionar, pois moram longe um do outro e se dedicam as suas carreiras, como fazer para esse romance durar?

O livro é bem rápido, quando percebemos já lemos como os dois se conheceram e como as coisas se complicaram com a distância, afinal sempre queremos estar pertinho de quem a gente gosta né? Aí eu me pergunto, como controlar a vontade pelo outro, a ânsia de ouvir a voz, nem que seja por telefone, aquele abraço que conforta e que você quer morar nele... gente alguém me bate por que acho que o cupido me flechou!

Novidades Literárias - Editora Martin Claret

A Editora Martin Claret está com tantas novidades incríveis, que vocês irão surtar com os livros que irei mostrar agora aqui no blog!

Confiram as novidades:

ORGULHO E PRECONCEITO, DE JANE AUSTEN - Design inspirado pelos bullet journals, desenvolvido por @sigaosbaloes. Edição 14x21, capa dura, cantos arredondados e pintura trilateral. O livro já está em pré-venda. 




Jane Austen inicia Orgulho e Preconceito com uma das mais célebres frases da literatura inglesa: "É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro e muito rico deve precisar de uma esposa". O livro é o mais famoso da escritora e traz uma série de personagens inesquecíveis e um enredo memorável. Austen nos apresenta Elizabeth Bennet como heroina irresistível e seu pretendente aristocrático, o sr. Darcy. Nesse livro, aspectos diferentes são abordados: orgulho encontra preconceito, ascendência social confronta desprezo social, equívocos e julgamentos antecipados conduzem alguns personagens ao sofrimento e ao escândalo. Porém, muitos desses aspectos da trama conduzem os personagens ao auto-conhecimento e ao amor. O livro pode ser considerado a obra prima da escritora, que equilibra comédia com seriedade, observação meticulosa das atitudes humanas e sua ironia refinada.